Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/12011
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_HugoCostadeMacedo.pdf567,58 kBAdobe PDFView/Open
Title: Incentivos múltiplos para o gerenciamento de resultados contábeis : uma análise empírica no mercado de capitais brasileiro
Authors: Macêdo, Hugo Costa de
Orientador(es):: Paulo, Edilson
Assunto:: Mercado de capitais - Brasil
Contabilidade
Contabilidade gerencial
Issue Date: 1-Feb-2013
Citation: MACÊDO, Hugo Costa de. Incentivos múltiplos para o gerenciamento de resultados contábeis: uma análise empírica no mercado de capitais brasileiro. 2012. 53 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis)—Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, João Pessoa, 2012.
Abstract: O processo de detecção de gerenciamento de resultados contábeis implica diretamente na necessidade de se entender como tais incentivos interagem. Este cenário comporta diversos incentivos aos agentes das companhias, sendo decompostos em grupos de características semelhantes, sendo eles: motivações vinculadas ao mercado de capitais, motivações contratuais e motivações regulares considerando custos políticos. Neste sentido, a pesquisa possui o seguinte questionamento: Existem incentivos múltiplos associados ao gerenciamento de resultados contábeis nas companhias abertas brasileiras? A classificação deste trabalho é exploratória quanto à abordagem do problema, bibliográfica e documental quanto aos procedimentos, além de ser quantitativa, mediante a utilização de ferramentas estatísticas. Para atender aos objetivos da pesquisa, foi utilizado o modelo econométrico proposto por Paulo (2007). A amostra estudada compreende 315 companhias listadas na BM&FBovespa que apresentaram dados capazes de permitir a estimação do total de accruals destas mesmas companhias. Os incentivos testados para efeito de estimação do comportamento conjunto foram a suavização de resultados, a não divulgação de perdas e os incentivos contábeis vinculados ao nível de endividamento total da companhia. O período analisado compreende os anos de 2001 a 2010. Os resultados auferidos evidenciam o comportamento individual e conjunto dos incentivos ao gerenciamento dos resultados contábeis das companhias. Apesar de terem sido encontradas evidências de comportamento oportunístico nas empresas da amostra, foi demonstrando que os incentivos considerados não concorrem de forma significativa ao gerenciamento de resultados contábeis da amostra no período citado, nem de forma isolada, nem de forma conjunta. É importante mencionar que existe uma correlação negativa (ainda que insignificante) somente entre os incentivos conjuntos de não divulgação de perdas e incentivos contábeis vinculados ao nível de endividamento das companhias. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The process of detecting earnings management directly implies the need to understand how these incentives interact. This scenario includes various incentives to the agents of the companies. These incentives can be decomposed into groups with similar characteristics, as follows: motivations linked to the capital markets, contractual reasons and regular motivations including political costs. In this sense, the research tries to answer the following question: Does exist multiple associated incentives to the earnings management in Brazilian companies? According to approach for the problem, this study is exploratory. It can be also classified as bibliographical and documental for the procedures and, furthermore, quantitative, due the use of statistical tools. To reach the research objectives, it was used the econometric model proposed by Paulo (2007). The sample comprises 315 companies listed on BM&FBovespa, which present evidences that allow to estimate the total of accruals of these companies. The incentives tested to estimate the group behavior were smoothing results, non-report of losses and financial incentives linked to the level of total indebtedness of the company. The sample data were collected from 2001 to 2010. The results show the behavior of individual and group incentives for earnings management companies. It was found evidences of opportunistic behavior in the sample. However, it was demonstrated that listed incentives (isolated or in groups) don't contribute significantly to the earnings management results of the sample during the mentioned period. It is important to mention that there is a negative correlation (albeit insignificant) only among the incentives for non+disclosure of losses and financial incentives linked to the level of indebtedness of companies.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Rio Grando do Norte, Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2012.
Appears in Collections:CCA - Mestrado em Ciências Contábeis (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/12011/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.