Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11934
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_VevilaRezendeCosta.pdf12,65 MBAdobe PDFView/Open
Title: Telecentros.BR : uma análise territorial da inclusão digital face à exclusão social no Brasil
Authors: Costa, Vevila Rezende
Orientador(es):: Campos, Neio Lúcio de Oliveira
Assunto:: Território
Inclusão digital - Brasil
Exclusão social - Brasil
Telecentros - Brasil
Issue Date: 21-Jan-2013
Citation: COSTA, Vevila Rezende. Telecentros.BR : uma análise territorial da inclusão digital face à exclusão social no Brasil. 2012. 124, [11] f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: No momento em que a sociedade se vê diante de mudanças profundas nas formas de comunicação, trabalho, relacionamentos e produção de bens e serviços, as novas tecnologias da informação e comunicação se mostram peças fundamentais para a construção do espaço e o exercício territorial e de territorialidade. O domínio e acesso às técnicas é um fator de mudanças profundas na vida social, donde que a inclusão social mostra-se uma prática de grande potencial transformador e, por isso mesmo, muito valorizada e incentivada na atualidade. Esta dissertação apresenta uma pesquisa iniciada no pressuposto de que, embora as novas tecnologias facilitem o acesso da sociedade a bens e serviços, fazendo com que esta sociedade se perceba envolta por limites e fronteiras (territoriais e sociais) mais delgados, quase dissolutos, o que se descobre é uma nova divisão entre os indivíduos, mostrando-se, assim, o caráter perverso da globalização. O objetivo desta pesquisa é realizar uma análise da inclusão digital do ponto de vista do território, através de uma análise dos programas de inclusão digital no Brasil a partir de uma prática específica, evidenciando processos de inclusão e exclusão social. Para tanto, escolhemos o Programa Nacional de Apoio à Inclusão digital nas Comunidades – Telecentros.BR, que mostrou-se um programa governamental de forte cunho territorial. O primeiro passo da pesquisa consiste numa análise documental do programa a fim de identificar o territorial implícito nos discursos e ações do Governo Federal em seu âmbito. Esta análise corroborou a ideia de que o programa possui um forte caráter territorial, no entanto, o território não é tomado por importância nem utilizado de maneira controlada em sua formulação. A segunda etapa da pesquisa foi uma avaliação deste programa utilizando-se os resultados da análise documental aliados a técnicas de levantamento de dados primários com base em entrevistas realizadas no Distrito Federal; as informações foram lidas à luz do território e enquadradas numa matriz de análise que evidencia o favorecimento e/ou a obliteração dos capitais técnico, econômico e cognitivo – incluído, numa segunda matriz, o territorial. O resultado final da pesquisa traz à tona a realidade da implantação ainda deficiente e do mau funcionamento do programa que, embora possua um imenso potencial como arma na luta contra a exclusão social, ainda se depara com uma incompletude em seus fundamentos e obstáculos para seu pleno funcionamento. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
At a time when society is faced with profound changes in the forms of communication, work, relationships and goods and services production, the new information and communication technologies are seen as key components in the construction of space and territorial and territoriality exercise. The techniques mastery and access are factors of profound changes in social life, where social inclusion is shown as a practice of great transformation potential and, therefore, highly valued and encouraged today. This thesis presents a search initiated on the assumption that although the new technologies in society facilitate access to goods and services, as the society is perceived surrounded by thinner, almost dissolute (territorial and social) limits and borders, what is really seen is a new division between individuals, being thus the perverse character of globalization. The objective of this research is to analyze the digital inclusion in terms of territory, through an analysis of digital inclusion in Brazil from a specific practice, showing processes of social inclusion and exclusion. To do this we chose the National Program Support for Digital Inclusion in Communities - Telecentros.BR, which proved to be a strongly territorial government program. The first step in the research consists of the program's document analysis, in urge to identify the territorial implied in the speeches and actions of the Federal Government in its scope. This analysis confirmed the idea that the program has a strong territorial character, however, the territory is not taken by importance in a or used in a controlled manner in its formulation. The second stage of the research was an evaluation of this program using the results of document analysis combined with primary data survey techniques, based on interviews conducted in the brazilian Federal District; the information was read over the territorial light and framed in a analysis matrix, evidencing favoring and / or obliteration of technical, economic and cognitive capital - territorial included in a second array. The final result of the research brings to light the reality of a weak implementation and program's malfunctioning; although it has a huge potential as a weapon in the fight against social exclusion, this program is still facing an incompleteness in their grounds and obstacles to their full operation.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia, 2012.
Appears in Collections:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11934/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.