Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11894
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CondicoesTrabalhoEnfermagem.pdf63,91 kBAdobe PDFView/Open
Title: Condições de trabalho e Enfermagem : a transversalidade do sofrimento no cotidiano
Other Titles: Conditions of work and Nursing : the transverseness of the suffering in the daily life.
Condiciones de trabajo y Enfermería : la tranversalidad del sufrimiento en el cotidiano
Authors: Medeiros, Soraya Maria de
Ribeiro, Laiane Medeiros
Fernandes, Sandra Michelle Bessa de Andrade
Veras, Verônica Simone Dutra
Assunto:: Enfermagem
Horário de trabalho
Ambiente de trabalho
Trabalho - aspectos psicológicos
Issue Date: 2006
Publisher: Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Goiás
Citation: MEDEIROS, Soraya Maria de et al. Condições de trabalho e Enfermagem: a transversalidade do sofrimento no cotidiano. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 8, n. 2, p. 233-240, 2006. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/fen/article/view/7038/4990>. Acesso em: 8 jan. 2013
Abstract: Trata-se de um desdobramento de um projeto de dissertação de mestrado, que teve como objetivo analisar o sofrimento dos trabalhadores de enfermagem em função do aumento da jornada de trabalho, do multiemprego e/ou das escalas extras de trabalho e das condições de trabalho no cotidiano desses trabalhadores em um hospital público de Natal/RN. A metodologia foi pautada em um estudo descritivo com abordagem qualitativa. Utilizou-se como técnica de coleta de informações a entrevista individual guiada por um roteiro com questões abertas e semi-estruturadas. O período correspondeu aos meses de julho e agosto de 2003. Na análise dos dados, as entrevistas transcritas foram organizadas de acordo com o grupo a que pertencia, foi realizada uma leitura exaustiva dos textos para o agrupamento de informações com características comuns. Cada unidade de registro foi sendo agrupada de acordo com categorias empíricas que surgiram durante o processo. A análise das informações foi realizada com base em elementos do método dialético. Os resultados encontrados apontam para a existência de um sentimento de vazio e fragilização dos laços afetivos com familiares; conflitos de valores referentes à relação ser/ter; vivência de ansiedade e estresse pelo sentimento de impotência vivenciado no cotidiano de trabalho; o sentimento de aprisionamento e perda dos sonhos decorrente do acúmulo de jornadas de trabalho; reconhecimento da transversalidade do sofrimento sob a ótica de gênero. Conclui-se portanto que o aumento da jornada de trabalho está trazendo aos trabalhadores desgaste físico, emocional e sofrimento no cotidiano somando-se à precariedade das condições de trabalho, gerando insatisfação do trabalhador, comprometendo a assistência prestada, assim como, dificultando as relações interpessoais no âmbito das dimensões públicas e privadas da vida cotidiana. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This paper discuss about a master’s thesis academicals work. It had as objective to analyze the suffering of nursing workers through the increase of the working hours, of the multi work or the extra scales of work, of the laboring conditions in these workers’ daily lives. The research was developed in a public hospital in Natal/RN. The methodology was led by a descriptive study with a qualitative approach. The technique of information collecting was employed. The individual interviews were guided by a script with open and half-structuralized questions. The period of information collecting corresponds to the months of July and August of 2003. In the analysis of data, the transcribed interviews were organized according to the group it belonged, an exhaustive reading of the texts was realized for the grouping of informations with common characteristics. Each unity of register was being grouped according to empiric categories that arose during the process. The analysis of informations was realized based in elements of the dialectic method. The results of the research lead to: the existence of an emptiness feeling and imbrutement of the affective bows with relatives; conflicts of values concerning the relation of being/having; anxiety and stress caused by impotence feelings in daily work; the feeling of dreams capture and loss as result of the working hours accumulation; recognition of the suffering through a transversal line under the sort optics. It is concluded therefore that the increase of the working hours is bringing to the workers physical and emotional consuming, and the suffering in the daily life is a result of the precariousness of the work conditions. All these factors are generating unsatisfied workers, compromising the given assistance, as well as making it difficult the interpersonal relations into the public and private dimensions of the daily life.
Licença:: A Revista Eletrônica de Enfermagem foi licenciada sob uma Licença Creative Commons (Attribution 3.0 Unported (CC BY 3.0)). Fonte: http://www.revistas.ufg.br/index.php/fen/article/view/7038/4990. Acesso em: 8 jan. 2013
Appears in Collections:FCE-ENF - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11894/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.