Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11769
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_PatternDrugsPrescribed.PDF146,8 kBAdobe PDFView/Open
Title: Pattern of drugs prescribed for community-residing middle-aged and older adults from the outskirts of Brasília
Other Titles: Padrão de medicamentos prescritos para indivíduos de meia-idade e idosos de uma comunidade residente na periferia de Brasília
Authors: Nóbrega, Otávio de Tolêdo
Melo, Gislane Ferreira
Karnikowski, Margô Gomes de Oliveira
Assunto:: Medicamentos - administração - idosos
Medicamentos - interações
Idosos - Distrito Federal (Brasil)
Issue Date: Jun-2005
Publisher: Divisão de Biblioteca e Documentação do Conjunto das Químicas da Universidade de São Paulo
Citation: NOBREGA, Otávio de Tolêdo; MELO, Gislane Ferreira; KARNIKOWSKI, Margô Gomes de Oliveira. Pattern of drugs prescribed for community-residing middle-aged and older adults from the outskirts of Brasília. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, São Paulo, v. 41, n. 2, jun. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-93322005000200016&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 4 dez. 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S1516-93322005000200016.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the medication prescribed for a group of middle-aged and older adults that reside in the outskirts of Brasilia and practice physical exercises regularly at a local University. This analysis considered qualitative and quantitative aspects of the medications prescribed to subjects aged 54 to 81 years-old, including their appropriateness and compliance to the Brazilian essential drug list. The units of analysis consisted in each single medication and each individual subject. Among the one hundred twenty-one individuals interviewed, 19.7% declared not to take any medicine whereas the remaining 80.3% revealed to use an average of 3.2 drugs. Among all drugs consumed, 98.1% consisted of physician prescribed medications, being antihypertensive, anti-inflammatory and analgesic products the most frequent therapeutic classes. Consumption of drugs that should be generally avoided by elderly was found not to vary significantly according to age strata, having nonetheless increased (P < 0.05) according to the amount of drugs prescribed. Overall, the group investigated exhibited a homogeneous pattern of drug usage since either the mean general consumption or consumption of particular drug subsets displayed no statistically significant differences related to gender, age, schooling or income. Our findings also indicate a lack of agreement between medications prescribed and the Brazilian cast of essential drugs. _______________________________________________________________________________ RESUMO
O escopo deste estudo consistiu em avaliar a medicação prescrita para um grupo composto por indivíduos de meia-idade e idosos que reside na periferia de Brasília e pratica exercícios físicos regulares em uma Universidade local. Este estudo considerou aspectos qualitativos e quantitativos das medicações prescritas para indivíduos com idades entre 54 e 81 anos, incluindo sua adequação e sua concordância com a Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME). As unidades de análise consistiram em cada medicamento e em cada indivíduo. Entre os cento e vinte e um indivíduos investigados, 19,7% declararam não fazer uso de medicamento, enquanto os demais 80,3% revelaram fazer uso de média de 3,2 medicamentos. Entre os medicamentos sendo consumidos, 98,1% eram prescritos por médicos, sendo anti-hipertensivos, antiinflamatórios e analgésicos as classes terapêuticas mais freqüentes. O consumo de medicamentos que devem ser evitados por idosos não mostrou variar significativamente com a progressão das faixas etárias, tendo, no entanto, exibido aumento marcante (P < 0.05) conforme a quantidade de medicamentos prescritos. O grupo investigado exibiu perfil homogêneo de uso de medicamentos, uma vez que tanto o consumo geral quanto o consumo de determinados grupos de medicamentos não mostraram variação significativa em função do gênero, faixa etária, grau de escolaridade ou renda. Nossos resultados também sinalizam para a falta de concordância entre os medicamentos prescritos e aqueles pertencentes à RENAME.
Licença:: Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1516-9332&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 4 dez. 2012.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-93322005000200016
Appears in Collections:FCE-SC - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11769/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.