Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11657
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_CarlosFernandoRochaPimentel.pdf4,04 MBAdobe PDFView/Open
Title: Herança de sequências de minicírulos de kDNA integradas no genoma de células germinativas com persistência de nDNA de Ttypanosoma cruzi
Authors: Pimentel, Carlos Fernando da Rocha
Orientador(es):: Teixeira, Antônio Raimundo Lima Cruz
Coorientador(es):: Araujo, Nadjar Nitz Lociks de
Assunto:: DNA
Genoma humano
Chagas, Doença de
Tripanossoma cruzi
Issue Date: 21-Nov-2012
Citation: PIMENTEL. Carlos Fernando da Rocha. Herança de sequências de minicírulos de kDNA integradas no genoma de células germinativas com persistência de nDNA de Ttypanosoma cruzi. 2012. 102 f., il. Dissertação (Mestrado em Patologia Molecular)—Universidade de Brasília, 2012.
Abstract: Este estudo é parte de linha de pesquisa do Laboratório Multidisciplinar de Pesquisa em Doença de Chagas, na Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília, que visa ao mapeamento das integrações de sequências de minicírculos de DNA mitocondrial (kDNA) de Trypanosoma cruzi em famílias de residentes em diferentes ecossistemas brasileiros. Nesta dissertação foram analisados sêmens de 53 adultos de dois municípios do Estado do Pará. O trabalho foi conduzido para identificar e caracterizar os sítios de integração das mutações de kDNA em células do sêmem e determinar a de presença do DNA nuclear (nDNA) do T. cruzi em adultos na idade reprodutiva. Foram analisadas amostras de DNA do sêmen de 53 homens. Os testes PCR mostraram que em 44 amostras (83%) havia nDNA. Em mais quatro amostras (48/53) os testes PCR revelaram amplicons de kDNA parasita. Estes quatro últimos sugerem que as sequências de minicírculos poderiam estar integradas ao genoma de pessoas sem a infecção ativa pelo T. cruzi. Então, a técnica tpTAIL-PCR foi usada para caracterizar as mutações de kDNA nos cromossomos das células analisadas. Foram encontradas 142 mutações no genoma de 38 indivíduos (72%) do estudo. Essas mutações foram localizadas (56,6%) em LINE-1 dispersos nos genomas. Ademais, verificou-se que 32,5% dessas mutações achavam-se no locus AL7313741.4 de LINE-1, no cromossomo X. Apenas nove eventos de integração de kDNA ocorreram em regiões codificadoras do genoma. Entre essas, encontram-se mutações em genes de quinases, receptor olfatório e em outros sítios não determinados. Em 24 casos (16,8%) o kDNA ligado ao LINE-1 estava acompanhado de fragmento de sequência de DNA retroviral, sugerindo recombinação e “hitchhiking’’. De grande interesse, os resultados sugerem a possibilidade de transmissão da infecção por 83% dos homens que tem o nDNA do T. cruzi no sêmen e, assim, a reprodução sexuada pode contribuir para transferência e herança das mutações de kDNA nas progênies das famílias do estudo.
Abstract: This study stems for a research line that has been carried on the Chagas Disease Multidisciplinary Research Laboratory at the Faculty of Medicine, University of Brasilia, which aims at the mapping of the integrations of the mithocondrial minicircle sequences (kDNA) from Trypanosoma cruzi in members of familes living in different Brazilian ecosystems. Herein, we analysed samples of semen from 53 men from two counties at the State of Pará, Brazil. The research was conducted aiming at the identification and characterization of kDNA mutation hotspots in semen cells, so as to determine the rate of presence of the parasite nuclear DNA (nDNA) in adults at reproductive age. A total of 53 semen samples DNA were analysed. The PCR exams showed nDNA in 44 samples (83%), and further four samples (48/53) yielded kDNA amplicons. These results suggest that sequences of kDNA minicircles can integrate into the human genome in the absence of an active T. cruzi infection. Then, we used the tpTAIL-PCR technique to characterize the kDNA mutations on chromosomes of analyzed cells. A minimum of 142 mutations were disclosed in the genome of 38 family members (72%). These mutations were localized in LINE-1 (56.6%) disperse all through the genome. However, it was observed that 32.5% of such mutations were present in the locus AL7313741.4 of LINE-1, a chromosome X. Nine mutation events were found in coding regions of the genome. Among these, there were mutations in protein-kinase, and in the olfactory genes, and, also in undetermined sites. Further 24 mutations (16.8%) showed the kDNA covalently linked to LINE-1, and these chimeras were attached to fragments of retroviral DNA sequences, thus suggesting recombination and hitchhiking. Of great interest, the results suggest the possibility of transmission of the infections from 83% of men showing the DNA from T. cruzi in the semen, and, therefore, sexual reproduction may contribute to lateral transfer and inheritance of kDNA mutations in the progeny of the study families.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Patologia Molecular, 2012.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Patologia Molecular (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11657/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.