Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11642
Title: A abolição da escravidão e modos de pensar e de representar a experiência passada : livros didáticos (1865-1918)
Authors: Barbosa, Fabiany Glaura Alencar e
Orientador(es):: Muniz, Diva do Couto Gontijo
Assunto:: Historiografia - escravidão - Brasil
Brasil - história - estudo e ensino
Issue Date: 20-Nov-2012
Data de defesa:: 20-Aug-2012
Citation: BARBOSA, Fabiany Glaura Alencar e. A abolição da escravidão e modos de pensar e de representar a experiência passada: livros didáticos (1865-1918). 2012. 129 f. Dissertação (Mestrado em História)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: “A abolição da escravidão nos livros didáticos: modos de pensar e de representar a experiência passada”, título da presente dissertação, é o estudo resultante do objetivo de buscar perceber quais representações sobre a abolição foram veiculadas nos livros didáticos de história do final do século XIX e início do XX. Trata-se, portanto, de uma abordagem que circunscreve as obras didáticas como construções discursivas que nos permitem acessar os modos de ver e representar o mundo. Desse modo, optamos por conhecer a escrita da história da abolição através de três autores e suas obras didáticas: “Lições de História do Brasil”, de Joaquim Manoel de Macedo, publicado no Brasil em 1914; “História do Brasil”, curso superior”, de João Ribeiro, publicado em 1900; e “História do Brasil”, de Joaquim Osório Duque Estrada, publicado em 1918. A pesquisa nos permitiu perceber que cada obra didática estudada, a seu modo, correspondeu a projetos políticos de formação da nação brasileira, em que as representações, a historiografia e o ensino de história foram estrategicamente pensados como meios de se atingir tal fim. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
"The abolition of slavery in textbooks: ways of thinking and represent the past experience," the title of this dissertation is the study resulting from the objective of seeking to understand which representations have been aired on the abolition of history textbooks at the end of nineteenth and early twentieth centuries. It is therefore an approach that limits the didactic works as discursive constructions that allow us to access the modes of seeing and representing the world. Thus, we decided to meet the writing of history through the abolition of three textbooks and their authors: "Lessons of History of Brazil," by Joaquim Manoel de Macedo, published in Brazil in 1914; "History of Brazil, higher education", João Ribeiro, published in 1900; and "History of Brazil", Joaquim Osorio Duque Estrada, published in 1918. The research allowed us to realize that each didactic work studied in its own way, represent political projects of formation of Brazil, where the representations, historiography and history teaching have been strategically designed as a means to achieve this end.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, Programa de Pós-Graduação em História, 2012.
Appears in Collections:HIS - Mestrado em História (Dissertações)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_FabianyGlauraAlencareBarbosa.pdf950.21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.