Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11627
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_PerfilDemograficoClinico.PDF476,64 kBAdobe PDFView/Open
Title: Perfil demográfico, clínico e funcional de idosas participantes e não participantes de atividades comunitárias ligadas à igreja
Other Titles: Demographic, clinical and functional profile of elderly participants and non-participants in community activities of church
Authors: Oliveira, Alline Meyre de
Costa, Patrícia Azevedo Garcia
Assunto:: Idosos
Cognição - idosos
Participação social
Promoção da saúde
Issue Date: Aug-2011
Publisher: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Citation: OLIVEIRA, Alline Meyre de; COSTA, Patrícia Azevedo Garcia. Perfil demográfico, clínico e funcional de idosas participantes e não participantes de atividades comunitárias ligadas à igreja. Revista de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, São Paulo, v. 22, n. 2, ago. 2011. Disponível em:<http://www.revistasusp.sibi.usp.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-91042011000200009&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 05 nov. 2012.
Abstract: INTRODUÇÃO: Atividades sociais e comunitárias são referidas na literatura científica como estratégias para promoção de saúde e de qualidade de vida no envelhecimento. OBJETIVO: Traçar e comparar o perfil demográfico, clínico e funcional de idosas participantes e não-participantes de atividades comunitárias ligadas à igreja. Métodos: Dezenove idosas, sendo 10 participantes e 9 não-participantes de atividades ligadas à igreja, submeteram-se à avaliação sócio-demográfica, cognitiva (Mini-Exame do Estado Mental) e funcional (Timed Get Up and Go e Short Physical Performance Battery). RESULTADOS: As idosas participantes destas atividades apresentaram um tempo médio de atuação de 23,62 anos. Essas idosas apresentaram idade menor, mais anos de estudo, melhor desempenho cognitivo, menor prevalência de doenças auto-relatadas, de quedas e de medo de cair, e melhor desempenho funcional quando comparadas às não-participantes. Observou-se correlação significativa entre anos de participação nas atividades com a idade (r=-0,579) e com o desempenho cognitivo (r=0,467). CONCLUSÃO: As idosas participantes de atividades ligadas à igreja apresentaram perfil mais favorável ao envelhecimento ativo, incluindo melhor desempenho cognitivo e funcional, quando comparadas às não-participantes. A participação nessas atividades parece ser benéfica para manutenção da capacidade funcional para o envelhecimento ativo e saudável, e, desta forma, deve ser incentivada para complementar os programas de promoção de saúde e prevenção de doenças. ___________________________________________________________________________________________________________ABSTRACT
INTRODUCTION: the social and community activities are referred in scientific literature as strategies to promote health and quality of life during aging. Objective: To describe and compare the demographic, clinical and functional status of participants and non-participants elderly in community activities of the church. METHODS: Nineteen elderly, being 10 participants and 9 non-participants in church activities, underwent socio-demographic, cognitive (Mini-Mental State Examination) and functional (Timed Get Up and Go and Short Physical Performance Battery) assessment. RESULTS: The elderly participants in these activities had an average time of 23.62 years of activity. These elderly were younger age, more years of education, better cognitive performance, lower prevalence of self-reported falls and fear of falling, and better functional performance when compared to non-participants. There was a significant correlation between years of participation in activities with age (r=-0.579) and with cognitive performance (r=0.467). Conclusion: The elderly participants in church activities showed clinical and demographic profile more favorable for active aging and better cognitive and functional performance when compared to non-participants. Participation in these activities seems to be beneficial for maintaining the functional capacity, to have active and healthy aging, and thins this way should be encouraged to complement the programs of health promotion and disease prevention.
Licença:: Revista de Terapia Ocupacional da USP. É permitida a reprodução para uso não comercial desde que citada a fonte. Fonte: http://www.revistasusp.sibi.usp.br/revistas/rto/paboutj.htm. Acesso em: 05 nov. 2012.
Appears in Collections:FCE-FIS - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11627/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.