Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11515
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_LeandroBarretoGroppo.pdf619,69 kBAdobe PDFView/Open
Title: Contribuições metodológicas para análise do agendamento de políticas públicas de transportes na mídia
Other Titles: Methodological contributions to analysis agenda-setting on public transport policies in the media
Authors: Grôppo, Leandro Barreto
Orientador(es):: Aragão, Joaquim José Guilherme de
Assunto:: Transportes
Políticas públicas
Comunicação de massa - opinião pública
Issue Date: 29-Oct-2012
Citation: GRÔPPO, Leandro Barreto. Contribuições metodológicas para análise do agendamento de políticas públicas de transportes na mídia. 2012. x, 86 f., il. Dissertação (Mestrado em Transportes)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: Os transportes desempenham papel fundamental na economia por ser um dos principais agentes de indução de riqueza e desenvolvimento. Empresas e pessoas dependem dos transportes para o atendimento às demandas e expectativas. O que leva a crescente necessidade de infra-estrutura de transportes eficientes, que permitam o escoamento seguro e econômico de cargas e passageiros, recaindo sobre os governos a premência de políticas públicas para o setor. Contudo, apesar da notória necessidade, nem sempre propostas de políticas são levadas em consideração pelos governos, em detrimento de outras que ocupam a pauta de preocupações dos agentes decisores. Um dos fatores explicativos provém do uso, ou não, de ferramental disponível no âmbito da comunicação, explicitado por meio da Teoria da Agenda, que pode contribuir para que um projeto de política pública possa ser agendado perante a opinião pública de forma a ser transformado em agenda pública e política, para sua implementação. A idéia teórica central é que os elementos proeminentes na agenda da mídia acabam tornando-se igualmente para o público, à medida que fazem a intermediação entre a informação e a realidade. Dado o poder central da mídia nas democracias contemporâneas, como um agente fundamental na definição da agenda pública e política. A investigação sobre o agendamento midiático busca fundamentalmente descortinar o grau de ênfase colocado nos tópicos noticiosos, a ponto de formar uma opinião pública favorável que, por sua vez, influenciará as ações dos decisores de políticas públicas. Desse modo, o presente estudo insere contribuições metodológicas para a análise das variáveis de forma a permitir que uma política pública de transportes seja efetivada, contando com a colaboração de seu agendamento na mídia. Buscou-se elucidar as formas nas quais a mídia é capaz de impactar o ciclo das políticas, inferindo sobre métodos a serem seguidos para análises futuras de políticas públicas de transportes, a fim de facilitar seu ciclo e a implantação de projetos em um dos setores com maior gargalo de ações e investimentos no País. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Transport plays a important key at the economic role as one of the main agents of induction, wealthy and development. Companies and people depend on transport to meet their demands and expectations. What drives the growing and for infrastructure, efficient transport, enabling the safe and economical disposal of cargo and passengers, falling on governments to urge public policy for this sector. However, despite the widespread need, not always the policy proposals are taken into consideration by governments at the expense of others that occupy the agenda of concerns of agents makers. One of the explanatory factors derived from the use or not tooling available in communication, as explained by the theory of agenda, which may contribute to a project that public policy can be setting before the public in order to be transformed into public and political agenda for its implementation. The central theoretical idea is that elements prominent on the agenda at the media just making it equally to the public, as do the intermediation between information and reality. Given the central power of media in contemporary democracies, as a key agent in setting the agenda and public policy. Research on agenda-setting primarily seeks to unveil the emphasis degree of placed on news topics, the point of forming a favorable public opinion which, in turn, influences the actions of public policy makers. Thus, this study is included methodological contributions that allow the analysis for variables to be analyzed in order to allow a public transport policy to take effect, with the collaboration of his agenda-setting in the media. We sought to elucidate the ways in which media is able to impact the policy cycle, inferring on methods to be followed for future analyzes of public policies for transport to facilitate cycle and implementation of projects in a sector with greater neck of actions and investments in the country.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2012.
Appears in Collections:ENC - Mestrado em Transportes Urbanos (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11515/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.