Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11449
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ExaustaoEmocionalRelacoes.PDF134,85 kBAdobe PDFView/Open
Title: Exaustão emocional : relações com a percepção de suporte organizacional e com as estratégias de coping no trabalho
Other Titles: Emotional exhaustion : relationships with the perceived organizational support and coping strategies in the work place
Authors: Tamayo, Mauricio Robayo
Tróccoli, Bartholomeu Torres
Assunto:: Burnout (Psicologia)
Stress ocupacional
Motivação (Psicologia)
Stress (Psicologia)
Ajustamento (Psicologia)
Satisfação no trabalho
Issue Date: Jan-2002
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Psicologia - Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)
Citation: TAMAYO, Mauricio Robayo; TRÓCCOLI Bartholomeu Torres. Exaustão emocional: relações com a percepção de suporte organizacional e com as estratégias de coping no trabalho. Estudos de Psicologia (Natal), Natal, v. 7, n. 1, jan. 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-294X2002000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 18out. 2012.
Abstract: A exaustão emocional é considerada como o fator central do burnout. Diversas pesquisas mostram que características do ambiente de trabalho e do trabalhador estão associadas ao desenvolvimento da exaustão emocional. Este trabalho apresenta os resultados de uma investigação sobre dois aspectos importantes para o estudo da exaustão emocional: a percepção de suporte organizacional (PSO) e o coping no trabalho. 369 trabalhadores responderam uma escala de exaustão emocional, uma de PSO e outra de coping no trabalho. Os fatores gestão de desempenho, sobrecarga, suporte social e ascensão e salários da escala de PSO e o fator escape da escala de coping revelaram-se preditores significativos da dimensão exaustão psicológica da escala de exaustão emocional. A segunda dimensão desta escala, percepção de desgaste, só foi predita significativamente pelos fatores suporte social e sobrecarga da escala de PSO. Recomendações para lidar com a exaustão emocional são apresentadas.
Abstract: Emotional exhaustion is regarded as the principal dimension of the burnout. Several studies show that characteristics of job setting and the employee are associated with the development of emotional exhaustion. This study present the results of a research about the relationship among emotional exhaustion, the perceived organizational support (POS) and coping strategies in the work place. 396 workers answered a scale of emotional exhaustion, one of POS and one another of coping. The dimensions performance management, overload, social support and promotion and salaries from the POS scale and the dimension escape from the coping scale were significant predictors of the dimension psychological exhaustion from the emotional exhaustion scale. The second dimension from the emotional exhaustion scale, perception of wear, was significantly predicted only by the factors social support and overload from the POS scale. Recommendations for the management of emotional exhaustion are presented.
Licença:: Estudos de Psicologia (Natal) - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=1413-294X&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 18 out. 2012
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-294X2002000100005
Appears in Collections:FCE-SC - Artigos publicados em periódicos
PST - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11449/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.