Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11419
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_ThiagodeAzevedoBarbosa.pdf1,05 MBAdobe PDFView/Open
Title: Da influência dos valores culturais na percepção e prática da corrupção : de perspectivas teóricas a evidências empíricas
Authors: Barbosa, Thiago de Azevedo
Orientador(es):: Caldas, Ricardo Wahrendorff
Assunto:: Corrupção na política - aspectos sociais
Cultura política
Issue Date: 15-Oct-2012
Citation: CALDAS, Thiago de Azevedo. Da influência dos valores culturais na percepção e prática da corrupção: de perspectivas teóricas a evidências empíricas. 2012. 129 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciência Política)— Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: Neste trabalho procuramos testar, empiricamente, as diferentes relações entre fatores culturais e corrupção apresentadas pela literatura. Para investigar essas perspectivas teóricas replicamos integralmente a metodologia adotada por Power e González (2003), e, adicionando novas variáveis, estabelecemos 21 hipóteses de trabalho. Essas hipóteses foram analisadas a partir de uma série de modelos de regressão linear para aferir o impacto de valores culturais (tais como confiança interpessoal, religião e civismo) sobre o grau de corrupção nos países, usando como variável dependente o índice de Percepção da corrupção da Transparência Internacional. O estudo demonstra que cultura importa, e que mesmo que fatores estruturais como regime político e desenvolvimento econômico ofereçam elevado poder explicativo, a utilização de variáveis culturais adiciona uma importante dimensão de análise quanto às causas da corrupção, sendo em alguns casos mais significante e relevante que as condições estruturais. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
In this paper we empirically test the different relationships between cultural factors and corruption presented in the literature. In order to investigate these theoretical perspectives, we fully replicate the methodology adopted by Power and Gonzalez (2003), and by adding new variables, we established 21 hypotheses. These hypotheses were analyzed under a series of linear regression models to assess the impact of cultural values (such as interpersonal trust, religion and civics) on the degree of corruption in countries, using the Corruption Perception Index, provided by Transparency International, as our dependent variable. The study shows that culture matters, and even though structural factors such as political regime and economic development offer strong explanatory power, the use of cultural variables adds an important dimension of analysis of the causes of corruption, and in some cases they are more relevant and perform more significantly than structural conditions.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, 2012.
Appears in Collections:IPOL - Mestrado em Ciência Política (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11419/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.