Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11296
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_RodrigoAugustoLimadeMedeiros.pdf2,14 MBAdobe PDFView/Open
Title: Decodificando a internacionalização da Amazônia em narrativas e práticas institucionais : governos da natureza no Brasil e nos EUA
Authors: Medeiros, Rodrigo Augusto Lima de
Orientador(es):: Ribeiro, Gustavo Lins
Assunto:: Ambientalismo - Amazônia
Geopolítica
Natureza - aspectos sociológicos
Issue Date: 27-Sep-2012
Citation: MEDEIROS, Rodrigo Augusto Lima de. Decodificando a internacionalização da Amazônia em narrativas e práticas institucionais: governos da natureza no Brasil e nos EUA. 2012. 319 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Sociais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: O objetivo analítico desta tese é elucidar significados políticos da chamada internacionalização da Amazônia que se edificam em práticas narrativas para um governo da natureza e das pessoas. A tese analisa a expressão internacionalização da Amazônia como uma categoria nativa, i.e., um modo próprio de nomear coisas, fatos, eventos que expressam particularidades, teias de significados, redes de atuação, moralidades, convicções políticas. A tese argumenta que narrativas políticas-institucionais fazem uso dessa categoria para legitimar (ou deslegitimar) ações edificadoras da realidade amazônica. Na argumentação da tese, governar é estabelecer conjuntos de inquéritos institucionais que permitem exercer uma forma específica e complexa de poder. A Amazônia é um espaço político de crescente importância estratégica, tornando-se alvo de formulações de burocracias especializadas estatais e não-estatais. O grande desafio político desta tese é evitar apropriações indevidas de sua argumentação, ao mesmo tempo em que procura pensar no âmbito acadêmico a possibilidade de um espectro analítico que relacione questões de uma geopolítica ambiental com a ampliação de direitos civis, políticos e sociais de minorias não hegemônicas. Se houvesse um propósito político explicito nesta tese, esse se traduziria em desagradar ideólogos de direita e de esquerda que dentro de suas ortodoxias e heterodoxias não reconhecem os regimes de poder que operam. As narrativas institucionais acerca da internacionalização da Amazônia se relacionam transversalmente (1) em saberes históricos sobre a formação do território amazônico; (2) em arranjos narrativos que formam as opiniões públicas debatedoras de projetos para a Amazônia no Brasil e nos EUA; (3) em ações estatais dentro de quadros institucionais peculiares no Brasil e nos EUA. Esses três vetores narrativos se inventam em inquéritos produtores de realidades socionaturais para a Amazônia que se edificam em realidades políticas e burocráticas. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The analytical objective of this dissertation is to elucidate the political meanings of the so-called internationalization of the Amazon. The dissertation recognizes the term internationalization of the Amazon as a native category which sets up a basis for the rule of nature and people. It tries to argue how political narratives that approach from this category can legitimize (or delegitimize) specifics actions to build up an institutional reality for the Amazon. To rule, in the arguments of this dissertation, is to establish inquiries that allowed exercises of power. It also means specific forms of knowledge and practices, such as political economy, political ecology (politics of nature), diplomacy, military strategy, public opinion, the historicity of the territory, among others issues, constantly leading to the preeminence of the govern of nature. The expanding complexities of Amazon and its nature policy issues require specialized bureaucracies. I tried to decode how narratives about the internationalization of the Amazon are related across (1) historical knowledge on formation of the Amazon territory, (2) to inform (to form) public opinion in Brazil and USA which project ideas and actions to the Amazon, (3) specialized bureaucracies in Brazil and USA which transform practices and conceptions of how deal with Amazon. Those three vectors are narratives inquiries that make up social and natural realities.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados sobre as Américas, 2012.
Appears in Collections:ELA - Doutorado em Estudos Comparados sobre as Américas (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11296/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.