Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11246
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2012_YamilkaRabosaFernandez.pdf7,19 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Os conectores no desenvolvimento da competência textual/discursiva de professores em formação : o que revela a prática do curso de letras/espanhol ?
Autor(es): Rabasa Fernandez, Yamilka
Orientador(es): Unternbäumen, Enrique Huelva
Assunto: Professores de espanhol
Professores - formação
Competência comunicativa
Língua espanhola - estudo e ensino
Data de publicação: 20-Set-2012
Data de defesa: 27-Abr-2012
Referência: RABASA FERNANDEZ, Yamilka. Os conectores no desenvolvimento da competência textual/discursiva de professores em formação: o que revela a prática do curso de letras/espanhol?. 2012. 217 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada)—Universidade de Brasília, 2012.
Resumo: Nesta pesquisa, incomodados com o escasso tratamento dos conectores nas aulas de Espanhol como Língua Estrangeira e nos materiais didáticos, assim como com a constatação do pouco uso da língua-alvo dos formandos em Letras/espanhol em sala de aula e fora desta, nos propusemos investigar se os alunos concluem sua formação inicial com um conhecimento adequado da língua para a qual são habilitados, especificamente, com domínio dos conectores; um saber que faz parte da competência textual/discursiva que todo falante de uma língua deve possuir, ainda mais em se tratando de profissionais da linguagem. A nossa escolha pelo Estágio Supervisionado se deveu ao fato de constituir o momento em que o aluno entra em contato com o ambiente real de sala de aula, devendo pôr em prática o que aprendeu ao longo de sua formação; espera-se também que possua um nível avançado da língua-alvo na qual está sendo habilitado. Consideramos ser a pesquisa qualitativa interpretativista de cunho etnográfico a metodologia mais adequada para desenvolver nosso estudo, que ocorreu durante o ano letivo de 2011 numa universidade pública de Brasília. A coleta de dados envolveu 1) a análise dos documentos legais que norteiam o processo de ensino/aprendizagem nos cursos de Letras e de línguas e estipulam as competências a serem desenvolvidas pelos profissionais da linguagem; 2) a observação das aulas ministradas pelos participantes durante a disciplina Estágio Supervisionado; 3) a aplicação de dois questionários, que buscavam levantar informações pertinentes para a pesquisa; e, por último, 4) a aplicação de quatro exercícios escritos, no intuito de verificar as competências textual/discursiva e metalinguística dos participantes. Constatou-se que os participantes se comunicam por meio de textos fragmentados, inorgânicos, pouco fluidos e desencadeados, devido à ausência de conectores e marcadores discursivos em geral, o que se reflete numa competência textual/discursiva muito pouco desenvolvida para alunos em fase de conclusão de estudos, futuros professores de Espanhol Língua Estrangeira. Os resultados desta pesquisa sugerem que incluir o trabalho das questões textuais em sala de aula visando o desenvolvimento da competência textual/discursiva dos licenciandos evidentemente terá um reflexo na competência comunicativa dos mesmos, possibilitando uma formação de qualidade, em consonância com as necessidades dos tempos atuais. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Due to the concern about a scarce use of the target language by students inside and outside the classroom, and the limited study of connectives in TSL (Teaching of the Spanish Language) classes and learning materials, we decided to investigate whether students complete their undergraduate studies with adequate knowledge of the language in which they are specifically qualified, dominating the use of connectives; a knowledge that is part of the textual/discourse competence that every speaker of a language must have, more so when it comes to language professionals. The choice of following an Internship program was due to the fact that it is the moment when the students come into contact with the real classroom environment and need to put into practice what they learned during their course. It is also expected that they have an advanced level of the target language in which they are qualified to teach. The qualitative interpretive ethnographic research was considered to be the most appropriate methodology to carry out our study, which took place during the academic year of 2011 at a public university in Brasilia. Data collection involved 1) the analysis of legal documents that guide the process of teaching/learning in courses of Literature and Languages, and stipulate what competences must be developed by language professionals; 2) observation of student‘s performance during their Internship program; 3) the administration of two questionnaires, which sought to gather information relevant to the research; and, finally, 4) the request of four written exercises, in order to verify the textual/discursive and metalinguistic competence of participants. According to the findings, students communicate through fragmented and unchained texts that lack fluidity and coherence owing to the absence of connectives and discourse markers in general, which is a reflection of underdeveloped textual/discursive competences of students that will be teachers of TSL. The results suggest that it is necessary to include the work of textual issues in the classroom with the aim of developing textual/discursive competence of future teachers. Thus it would be possible to enhance students' communicative competence and provide an education of quality according to the needs of the times.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada.
Aparece nas coleções:PGLA - Mestrado em Linguística Aplicada (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.