Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11222
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_AndreaHelenaAnicetFischerMattos.pdf1,27 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação da pressão arterial pela mensuração com Doppler vascular e retinografia de cães hipertensos
Authors: Mattos, Andréa Helena Anicet Fischer
Orientador(es):: Galera, Paula Diniz
Assunto:: Hipertensão - animais
Cão - doenças
Issue Date: 19-Sep-2012
Citation: MATTOS, Andréa Helena Anicet Fischer. Avaliação da pressão arterial pela mensuração com Doppler vascular e retinografia de cães hipertensos. 2012. xii, 71 f., il. Dissertação (Mestrado em Saúde Animal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: Objetivou-se estabelecer parâmetros de normalidade da pressão arterial sistólica, em cães clinicamente sadios, pelo método Doppler vascular, investigar a influência da idade e do gênero sobre a pressão arterial sistêmica de cães e a presença de lesões fundoscópicas compatíveis com doença ocular hipertensiva por meio da retinografia. Foram avaliados 174 cães machos ou fêmeas, de diferentes raças, encaminhados ao Serviço de Atendimento do Hospital Veterinário da Universidade de Brasília. Os cães foram divididos em quatro grupos conforme a idade e em grupos de machos ou fêmeas. Realizaram-se cinco mensurações da pressão arterial dos cães com o Doppler vascular, com intervalos de 20 a 30 segundos entre elas. Destes animais foram selecionados 31 cães hipertensos, dos quais 15 foram submetidos à retinografia por meio do equipamento Clearview Fundus Câmera, após aplicação de uma gota de tropicamida 1% colírio em ambos os olhos. Os outros 16 cães apresentaram opacidade da lente, impedindo a realização da retinografia. Verificou-se diferença significativa dos valores de pressão arterial em relação à idade nos grupos de animais normotensos, porém nos hipertensos essa característica não foi observada. Tanto nos animais normotensos como nos hipertensos houve predomínio de valores maiores de pressão arterial nos machos. A variação normal da pressão arterial sistólica em fêmeas clinicamente sadias foi: Grupo I – PAS de 122,50 ± 6,43; Grupo II – PAS de 125,08 ± 6,80; Grupo III – PAS de 140,75 ± 10,35 e Grupo IV – PAS de 141,26 ± 12,72. Para os Machos foi: Grupo I – PAS de 121,11 ± 5,57; Grupo II – PAS de 129,23 ± 9,53; Grupo III – PAS de 139,44 ± 11,66 e Grupo IV – PAS de 142,26 ± 11,75. As lesões oculares encontradas nos cães hipertensos foram tortuosidade dos vasos da retina, hiperreflexia tapetal, hemorragia e descolamento de retina. A partir dos resultados, podese concluir que valores da pressão arterial acima de 190 mmHg predispõem ao aparecimento de lesões fundoscópicas compatíveis com doença ocular hipertensiva. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present study aimed to establish normal parameters of systolic blood pressure in healthy dogs, by Doppler ultrasound method, and investigate in dogs with hypertension the presence of fundus lesions compatible with ocular hypertension. One hundred seventh four male and female dogs of different breeds, randomly referred to the Service of the Veterinary Hospital of the University of Brasilia were included. Five blood pressure In each animal were measurement intervals 20-30 seconds between them. We selected 31 hypertensive dogs in which the digital record of fundus images were obtained using Clearview Fundus Camera equipment after applying a drop of tropicamide 1% eye drops in each eye. The images were obtained 30 minutes after application of eye drops and performed in a room with low light. There were significant differences of blood pressure in relation to age in groups of normotensive animals, but this characteristic is not in hypertensive patients was observed. Both in hypertensive and normotensive animals predominance of values higher blood pressure in males. The normal range of systolic blood pressure in clinically healthy females was: Group I - SBP 122.50 ± 6.43, Group II - SBP 125.08 ± 6.80, Group III - SBP 140.75 ± 10, 35 and Group IV - SBP 141.26 ± 12.72. For males was: Group I - SBP 121.11 ± 5.57, Group II - SBP 129.23 ± 9.53, Group III - SBP 139.44 ± 11.66 and Group IV - PAS 142 26 ± 11.75. Ocular lesions were found in hypertensive dogs were tortuosity of retinal vessels, hyperreflexia tapetal, hemorrhage and retinal detachment. From the results, one can conclude that blood pressure values higher than 190 mmHg predispose to fundic lesions compatible with ocular hypertension. Ocular lesions most observed in hipertensive dogs were tortuosity of retinal vessels, hyper-reflective tapetum, hemorrhage and retinal detachment. From the results, we can conclude that blood pressure values higher than 190 mmHg predispose to fundus injury compatible with ocular hypertension.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Saúde Animal, 2012.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Saúde Animal (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11222/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.