Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/11050
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_JoãoGuilhermeNunesCruz.pdf738,75 kBAdobe PDFView/Open
Title: Diferenciação e autonomia : relações políticas e educação escolar entre os Ticunas no Alto Solimões, Amazonas
Authors: Cruz, João Guilherme Nunes
Orientador(es):: Laraia, Roque de Barros
Assunto:: Professores - índios
Índios Tukúna
Índios da America do Sul - Brasil - Amazônia
Índios - educação
Issue Date: 8-Aug-2012
Citation: CRUZ, João Guilherme Nunes. Diferenciação e autonomia: relações políticas e educação escolar entre os Ticunas no Alto Solimões, Amazonas. 2011. 111 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: Esta Dissertação apresenta uma análise das relações políticas entre professores indígenas da etnia Ticuna e Estado brasileiro, tendo como cenário etnográfico a construção da educação escolar entre esse grupo, habitante secular da calha do Rio Solimões, estado do Amazonas. Nesse sentido,procuro enfatizar as ações empreendidas por sua principal associação representativa na esfera educacional, a partir de eventos nos quais as perspectivas dos professores ticunas entram em arenas diversificadas de negociação com distintos atores representantes de aparelhos administrativos do Estado brasileiro, por sua vez responsáveis pela elaboração, execução e acompanhamento das políticas públicas direcionadas à educação escolar indígena. Procuro debater esse tema à luz do contexto histórico das relações entre ticunas e segmentos da sociedade não indígena, sobre tudo aqueles associados a aparatos estatais, enfatizando as dinâmicas de poder envolvidas. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This research presents an analysis of the political relations between the indigenous teachers of the Ticuna ethnicity and the Brazilian state, having as its ethnographic background the construction of the school education of this group, customary inhabitants of the Solimões River waterway in the state of Amazonas. Thus, I endeavor to emphasize the actions of their main association in the educational sphere based on the events on which the Ticuna teachers’ perspectives get into diverse arenas of negotiation with different representatives of the administration branches of the Brazilian state, which are responsible for the elaboration, execution and attendance of the public policies concerning indigenous school education. I aim to debate such theme centered on the historical context of the relations between the ticunas and other non indigenous sectors, mainly those associated to the state, emphasizing the dynamics of power at stake.
Description: Disertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, 2011.
Appears in Collections:DAN - Mestrado em Antropologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11050/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.