RIUnB >
FS - Faculdade de Ciências da Saúde >
FS - Programa de Pós-graduação  >
FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10482/1098

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertacao_2007_CarlosSchacker.pdf347,84 kBAdobe PDFView/Open

Title: Suicídio : perfil de uma família no interior de Goiás
Authors: Schacker, Carlos Edmundo
Advisor: Tomaz, Carlos Alberto Bezerra
Pratesi, Riccardo
Keywords: Suicídio
Transtorno de humor
Família
Genética
Issue Date: Jun-2007
Submit Date: Jun-2007
Citation: SCHACKER, Carlos Edmundo. Suicídio: perfil de uma família no interior de Goiás. 2007. 68 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)-Universidade de Brasília, Barsília, 2007.
Abstract: Nas últimas décadas, estudos têm investigado um pouco mais sobre o suicídio e os fatores etiológicos que levam o indivíduo a esse trágico ato. Diversas questões ainda estão em aberto no que se refere aos principais fatores de risco: social, psicológico e biológico. Este estudo foi utilizado para analisar o perfil de uma família do interior de Goiás, em que houve vários casos de suicídios ao longo de cinco gerações. Utilizando-se de entrevistas com familiares elaborou-se a árvore genealógica da família. Posteriormente, através de entrevistas com familiares e pessoas próximas das vítimas (suicidas), buscou-se identificar se os mesmos possuíam Transtorno de Humor (depressão e/ou mania). Também os demais indivíduos da família, não suicidas, foram avaliados quanto ao perfil de humor. Foi possível identificar 15 suicidas, todos antes de suas mortes apresentaram Transtorno de Humor. Também vários familiares não suicidas apresentaram o mesmo transtorno. Observou-se dos quinze suicidas, oito eram filhos de pais ou avós consangüíneos. O método mais utilizado pelos suicidas do sexo masculino foi o enforcamento e do sexo feminino foi o uso de produto químico. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
In the latest decades, studies have been investigating a little more about suicide and etiologic factors which takes the subject to this tragic action. A number of aspects related to the most important risk factors (social, psychological and biological) are still left opened. This study was used to analyze the profile of a family in the countryside of Goiás, in which there were many cases of suicide throughout five generations. A family tree was built making use of interviews with relatives. After that, the researcher investigated if the victims of suicide had Mood Disorder (depression and/or mania) through interviews with relatives and people close to them. Also, other family members, non-suicidal, were evaluated according to their humor profile. It was possible to identify fifteen suicidal. All of them, before their death presented Mood Disorder and also, many non-suicidal relatives, presented the same disorder. Eight out of the fifteen suicidal, were daughters or sons of consanguine parents or grandparents. Among men, the method chosen at most was to hang themselves, and among women was the use of chemical products.
Additional Information: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2007.
Appears in Collections:FS - Mestrado em Ciências da Saúde (Dissertações)

Items in Repository are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

Site Creative Commons Site Oaister Sítio IBICT Universidade de Brasília
About Repository  |  FAQ  |  Statistics |  Authorization Term
Copyright © 2008 MIT & HP. All rights reserved.