Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1097
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_2007_CarlosVentura.pdf14,21 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação da eficácia e segurança da ventilação mecânica com CFR na lesão pulmonar aguda induzida pelo acido oléico
Authors: Santos, Carlos Eduardo Ventura Gaio dos
Orientador(es):: Viegas, Carlos Alberto de Assis
Assunto:: Ventilação mecânica
Ácido oléico
Ventilação de pulmão
Issue Date: 2007
Citation: SANTOS, Carlos Eduardo Ventura Gaio dos. Avaliação da eficácia e segurança da ventilação mecânica com CFR lesão pulmonar aguda induzida pelo acido oléico. 2007. 102 f. Tese (Doutorado em Ciências Médicas)-Universidade de Brasília, Brasília, 2007.
Abstract: Introdução: O CFRR (Continuous Flow Reviver) é um dispositivo de ventilação mecânica, de disparo manual, portátil, que utiliza fluxo contínuo de gases podendo oferecer até 100% de oxigênio. Idealizado e construído em Brasília, o produto foi patenteado no Brasil e nos Estados Unidos da América. Além de oferecer pressões de admissão constantes, tem a capacidade de fornecer PEEP. Com tais predicados decidimos testar o desempenho do aparelho em ventilação de pulmões adultos lesados, cenário onde baixos volumes ventilatórios associados a pressões limitadas, sabe-se reduzirem morbidade relacionada a patologia. Para tal, estudamos a estabilidade do modelo de lesão pulmonar aguda (LPA) induzida pelo ácido oléico (AO) e utilizamos tal modelo no estudo da eficácia ventilatória e segurança hemodinâmica da ventilação com CFRR . Material e Métodos: Utilizamos 48 cães, 10 para estudar a estabilidade do modelo de LPA induzida pelo AO, 6 para controle morfológico sem LPA, 8 ventilados com o CFRR com PEEP de 5 cmH2O, 8 ventilados com o CFRR com PEEP de 10 cmH2O, 8 ventilados com ventilador microprocessado com PEEP de 5 cmH2O e 8 ventilados com ventilador microprocessado com PEEP de 10 cmH2O. Durante 120 minutos aferimos variáveis da troca gasosa, da hemodinâmica e das propriedades da mecânica pulmonar. Utilizamos metodologia de delineamento em medidas repetidas, com ajustes de modelos lineares mistos de variâncias e covariâncias diversificadas, para testar a estabilidade do modelo e comparar o desempenho da ventilação mecânica entre diversos grupos. Resultados: Observamos estabilização do modelo experimental na maioria das variáveis estudadas dentro da primeira hora do experimento. Não estabilizaram o pH, a PaCO2, o índice cardíaco e o índice de resistência vascular pulmonar. Utilizando tal modelo de LPA na ventilação com o CFRR observamos que o mesmo garante uma ventilação segura, embora tenha obtido altos fluxos inspiratórios e volume corrente. Houve troca gasosa eficaz e as alterações hemodinâmicas se encontraram dentro do esperado. Quando comparamos seu desempenho ao de ventilador microprocessado, observamos padrão de trocas gasosas, hemodinâmico e da mecânica respiratória semelhante. Conclusões: O CFRR é um ventilador eficaz e seguro na ventilação mecânica de indivíduos adultos com LPAinduzida pelo AO. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Introduction: CFRR (Continuous Flow Reviver) is a manually operated, portable mechanical ventilation device that uses a continuous gas flow and o ers up to 100% of oxygen. It was idealized and built up in Brasília. The product was patented in Brazil and in the United States of America. Besides o ering constant inflow pressures, it may also provide PEEP. With such characteristics, we decided to test its performance in injured adult lung ventilation, a scenario in which low ventilation volumes associated to limited pressures is known to reduce the morbidity associated to the pathology. Therefore, we studied its stability in Oleic Acid-Induced (OAI) Acute Lung Injury (ALI) and used this experimental model to study ventilation e cacy and hemodynamics safety in CFRR ventilation. Materials and Methods: Fourty-eight dogs were used. Ten were used to study the stability of oleic acid-induced ALI experimental model, six were used for morphologic control without ALI, eight were used in CFRR ventilation with 5 cmH2O PEEP, eight with CFRR ventilation with 10 cmH2O PEEP, eight with microprocessor ventilation with 5 cmH2O PEEP and eight with microprocessor ventilator with 10 cmH2O PEEP. During 120 minutes gas exchange, hemodynamics and lung mechanical properties variables were compared. A methodology for repeated measures was used, making adjustments of the variances and covariances pattern models to test the stability of the experimental model and to compare the mechanical ventilation performance in the di erent groups. Results: Stabilization of the experimental model was observed in the majority of variables studied within the first hour of the experiment. Cardiac index, pH, PaCO2, and lung vascular resistance index were not stabilized. By using this ALI model in ventilation with CFRR we observed that it ensures safe ventilation, although it has also presented high inhalation flows and tidal volume. An e ective gas exchange was observed and hemodynamic alterations were within expectations. By comparing its performance with that of the microprocessed ventilator, similar gas exchanges, hemodynamic and ventilation patterns were observed. Conclusions: CFRR is a safe and e cient ventilator in the mechanical ventilation of adult individuals with oleic acid-induced ALI.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2007.
Appears in Collections:FMD - Doutorado em Ciências Médicas (Teses)
UnB - Brasília 50 anos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1097/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.