Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1085
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_2008_DoraIsabelMHernadez.pdf614,27 kBAdobe PDFView/Open
Title: Efeitos da produção de etanol e biodiesel na produção agropecuária do Brasil
Other Titles: Ethanol and biodiesel production effects in the Brasilian agriculture production
Authors: Hernández, Dora Isabel Murillo
Orientador(es):: Botelho Filho, Flávio Borges
Assunto:: Álcool
Biodiesel
Mercado institucional
Sistema de agribusiness
Issue Date: 5-Jun-2008
Citation: MURILLO HERNÁNDEZ, Dora Isabel. Efeitos da produção de etanol e biodiesel na produção agropecuária do Brasil. 2008. 176 f. Dissertação (Mestrado em Agronegócios)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: A produção de etanol e biodiesel concorre com a produção de alimentos? Para responder esta questão, três aspectos assumem importância: o tamanho da demanda por estes produtos e a existência de um mercado internacional; as formas de organização dos sistemas de agribusiness da cana-de-açúcar e da soja e da velocidade de resposta dos componentes agroindustriais destes sistemas frente aos choques de demanda por etanol e biodiesel; e finalmente, os impactos da demanda por matérias-primas de origem vegetal (cana-de-açúcar e soja) sobre a agricultura. Para tal efeito, o escopo do trabalho está orientado para se conhecer as dimensões e os efeitos da demanda internacional de etanol e de biodiesel e seus efeitos sobre a produção agropecuária do Brasil nos próximos dez anos. Fundamentado em uma pesquisa exploratória baseada em uma revisão bibliográfica e documental, de ordem quantitativa da demanda por biocombustíveis, e qualitativa centrada na análise dos sistemas de agribusiness da cana-de-açúcar e da soja, o estudo foi organizado em três etapas: a quantificação da demanda internacional para os próximos 10 anos, feitos com base em projeções da USDA, FAPRI, OCDE-FAO e MAPA; a análise da capacidade e da velocidade de resposta dos sistemas de agribusiness da cana-de-açúcar e da soja frente ao incremento na demanda, considerando os atuais níveis de tecnologia de processamento industrial; e os efeitos da expansão da produção de cana-de-açúcar e de soja, sobre a produção de alimentos básicos como milho, arroz e feijão. O estudo mostrou os seguintes resultados: (i) a demanda internacional de etanol e biodiesel para o ano de 2016 deve se situar em torno de 18,7 bilhões de galões para o etanol, e de 1,75 bilhões de galões para o biodiesel (ceteris paribus), considerando somente os mercados de Estados Unidos e do Brasil; (ii) a existência de um mercado institucional onde a determinação da mistura compulsória e as compras do governo são os principais fatores movimentando a oferta e a demanda de etanol e biodiesel; (iii) que as respostas da organização da produção de cana-de-açúcar e soja como matérias-primas para a produção de agroenergia, apresentam capacidades e velocidades diferentes em suas respostas ante os choques de demanda, significando que o sistema de agribusiness da cana-de-açúcar é um sistema hierarquizado, pelo que reagirá mais rapidamente que o sistema de agribusiness da soja que apresenta estruturas mistas, ou seja, de mercado e hierárquicas; e (iv) que a expansão da área de produção de cana-de-açúcar e de soja nos níveis estimados, não gerará efeitos perversos de deslocamento invasivo nas áreas de produção de alimentos, principalmente por que as culturas alimentares liberam áreas porquanto seus incrementos na produção estão baseados em melhoras de produtividade, sobretudo melhorias de produtividade por unidade do fator terra. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Does the production of ethanol and biodiesel compete for the production of food? To answer this question, three aspects are of importance- the size of these products and the existence of a international market, the forms and the quick response of the agroindustrial component before this demand, and the impact of demand for the rawmaterials of vegetal origin (sugar cane and soybean) on agriculture. To this effect, the scope of work is oriented to know the dimensions and the effects of international demand for ethanol and for biodiesel in the next 10 years, and its effects on Brazil`s cattle rearing production. Based on an exploratory research, which is based on a bibliographic and documental revision, of a quantitative order of demand for biofuels, and qualitatively centered on the system analyses of international demand for the next 10 years, and done based on projections from USDA, FAPRI, OCDE, FAO, AND MAPA, the analyses of response capacity to agribusiness systems considering the effective projected demand, and the corresponding demand for raw-materials considering the present levels of industrial processing technology, and based on demand for sugar cane and soybean, the effects of expansion on the production of food (corn, rice and beans), taking into consideration the advancement of production following the competitive advantages form the actual localizations of agro-industrial fields of soybeans and sugar cane. Researches showed the following results (1) the international demand for ethanol and biodiesel till 2016 will be around 18,7 billion gallons of ethanol, and 1,75 billion gallons of biodiesel (ceteris paribus), considering the United States and Brazil, (2) the existence of an institutional market where the obligatory mixes and the government purchases will be the principal determinant moving the demand and supply of ethanol and biodiesel, (3) that the answers of organizations for the production of raw materials for agro-energy, that is sugar cane and soybean, present different capabilities and velocities in giving productive responses to the shock in demand; the sugar cane agribusiness for being hierarchical organization system should react quicker than the soybean agribusiness system, since the mixed structures are predominant (market and hierarchy), (4) that the expansion of the areas of production for sugar cane and soybeans to the calculated levels must not show adverse effects of invasive movement into areas of food production (like corn, rice and beans), being that a reduction in the cultivated areas in the respective zones of production, will not influence in quantitatively in production, due to improved productivity per unit land square.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-graduação em Agronegócios, 2008.
Appears in Collections:FAV - Mestrado em Agronegócios (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1085/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.