Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10844
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_RosalinaRodriguesdeOliveira.pdf1,47 MBAdobe PDFView/Open
Title: Educação integral : cartografia do mal-estar e desafios para a formação docente
Authors: Oliveira, Rosalina Rodrigues de
Orientador(es):: Almeida, Inês Maria Marques Zanforlin Pires de
Assunto:: Educação integral
Professores - formação
Psicanálise e educação
Issue Date: 28-Jun-2012
Citation: OLIVEIRA, Rosalina Rodrigues de. Educação integral: cartografia do mal-estar e desafios para a formação docente. 2012. 211 f. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: O presente estudo buscou investigar o mal-estar docente dos professores de três escolas públicas do Distrito Federal que trabalham com o projeto de Educação Integral/Integrada. O objeto emergiu a partir da inserção no Grupo de Pesquisa Interinstitucional, composto por um grupo de quatro universidades públicas federais, atendendo a solicitação da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade – SECAD, do Ministério da Educação, que em sua primeira etapa (2008/2009) teve como objetivo mapear a existência de projetos e políticas de ampliação da jornada escolar, vinculadas a sistemas, redes e/ou instituições públicas de ensino fundamental, avaliando quantitativa e qualitativamente iniciativas que caracterizassem um projeto de Educação Integral/Integrada. Na presente pesquisa, de cunho qualitativo, utilizamos o grupo focal e a entrevista semi-estruturada como instrumentos de construção dos dados, a leitura e interpretação destes, foram realizadas na perspectiva da psicanálise. O estudo aponta como (in) conclusões na concepção dos quinze (15) professores pesquisados: que o projeto representa possibilidades para superação de desigualdades sociais presentes nas escolas públicas; que a proposta se inviabiliza muitas vezes frente à deserção governamental e problemas de várias ordens, aos quais os docentes buscam cumprir as generalidades e formalidades eletivas; para viabilizar a proposta, o professor tem encontrado alternativas, por exemplo, subtraindo do seu próprio salário recursos para garantir o material básico o que, em geral, tem mais repercussão do que as questões pedagógicas; que a presença do outro (bolsista), no cenário pedagógico, desestabiliza o docente, implicando no esvaziamento do seu lugar de poder-saber; o projeto no Distrito Federal, ainda que apresente exigências para o seu funcionamento, não tem implicado o professor em seu planejamento, execução e/ou avaliação; o professor ainda coloca, no curso de formação continuada, o ideal da completude, busca assegurar o lugar de “bom professor”, para minimizar o irredutìvel mal-estar que se instalou em sua atuação; os docentes entrevistados ressaltam a pertinência da criação de uma estrutura curricular no sentido de dar continuidade às atividades desenvolvidas, pois avaliam que a descontinuidade é uma entre tantas fragilidades do projeto. Ressaltamos que, apesar de o mal-estar abordado neste estudo, emergir do processo civilizatório, difunde-se e confunde-se com os mal-estares vividos pelos docentes face às contingências da política pública de Educação Integral/Integrada no Distrito Federal. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study investigated the teacher‟s discontents of three government schools in the Distrito Federal‟s state that work with a important education project for the Education Brazil Ministery: enlargement of students time of permanence in the school (more hours in the day at the school). The object emerged from a government research requested by Brazil Ministry of Education. First moment (2008/2009) that research mapped the existence of projects in government schools. So through these process, we were put of front with the teacher's suffering. To research this subject, we used a qualitative methodology through focal group and research interview like research instruments. We analyzed the speeches with the psychoanalysis. Like conclusions, we observed that the government project is important to correct some social difficults commons at the school, but the state‟s desertion is a problem. What do some teachers use their own resources to by instruments and pedagogic materials for give class; the trainee that work at the school which have this government programs threat teacher like a professional education, because they see your Know-power emptied; the government project don‟t listen teachers that work at school which have the project to make decisions; that teachers hope from course and training the solution for all they problems, as if it was possible a job without lacks and suffering; teachers suggest the construction of a pedagogic proposal that help a continuity of project. We conclude that in spite of indisposition is from of civilization process, it diffuse and confuse with the indisposition current of the government project contingencies.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2012.
Appears in Collections:FE - Doutorado em Educação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/10844/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.