Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/1082
Título: Densidade e tamanho populacional de aves endêmicas e ameaçadas dentro da IBA (Important Bird Area) MG06
Autor(es): Silva, José Francisco da
Orientador(es): Cavalcanti, Roberto Brandão
Assunto: Conservação
Cerrados
Endemismo
Área de proteção ambiental (APA)
Data de publicação: 2008
Data de defesa: 2008
Referência: SILVA, José Francisco da. Densidade e tamanho populacional de aves endêmicas e ameaçadas dentro da IBA (Important Bird Area) MG06. 2008. 37 p., il. Dissertação (Mestrado em Ecologia)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Resumo: O objetivo desta tese foi estimar a densidade e o tamanho populacional de aves endêmicas em uma área de cerrado sensu stricto, recentemente selecionada como área importante para conservação de aves (IBA MG 06), na Chapada do Catuní (16º24’S – 43°23’W), Serra do Espinhaço, Minas Gerais. Quatro transectos variando de 800 m a 1 km de extensão foram estabelecidos na área de estudo, um fragmento de 1,950 ha coberto com as fitofisionomias de cerrado típico e cerrado ralo. Estes transectos foram amostrados semanalmente de março a outubro de 2007. Das 12 espécies endêmicas para o Cerrado que ali ocorrem apenas oito foram registradas nos censos e dessas somente seis tiveram as suas densidades estimadas. Em um esforço de 120,0 km percorridos o número de contatos com as espécies que tiveram as densidades estimadas variou de 29 para Euscarthmus rufomarginatus a 191 para Neothraupis fasciata. A menor densidade e respectivo tamanho populacional foi para E. rufomarginatus com 3,3 ind/km2 (variando de 2 a 5,2 ind/km2) e população de 64 indivíduos (variando de 39 a 101 indivíduos). N. fasciata por sua vez apresentou a maior densidade com 134,0 ind/km2(variando de 104 a 175 ind/km2). Espécies como Embernagra longicauda, considerada um endemismo da serra do Espinhaço, apresentou densidade também baixa (11 ind/km2). Infelizmente, na IBA MG 06, nenhuma espécie apresentou um tamanho populacional que possa garantir sua viabilidade a longo prazo, livre de efeitos demográficos, genéticos e estocásticos. Uma das alternativas para viabilizar as populações seria a criação de uma unidade de conservação que englobasse não só a área da IBA (1,950 ha), mas também as áreas do entorno. Posteriormente a criação de corredores ecológicos entre tal unidade de conservação e o Parque Estadual de Grão Mogol, distante 100 km, seria a melhor maneira de manter as populações viáveis. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The purpose of this thesis was to assess the densities and population sizes of endemic bird species in one of Brazil’s Important Bird Areas – IBA MG 06, in the Chapada do Catuní (16º24’S – 43°23’W), Serra do Espinhaço, Minas Gerais State. Four transects of 800 m to 1 km long were established in the Cerrado savanna and sampled weekly from March to October 2007. The transects yielded eight of the twelve endemic and/or endangered species listed for the IBA, and density estimates were made for six of these. The study site was the largest block by far of continous cerrado in the IBA, covering 1,950 ha, and population estimates were made conservatively using only this one area. Population densities ranged from 3,3 ind./km2 for Euscarthmus rufomarginatus to 134,0 ind./km2 for Neothraupis fasciata and included also Embernagra longicauda (11 ind./km2), Melanopareia torquata (6 ind./km2), Cypsnagra hirundinacea (13,4 ind./km2), and Saltator atricollis (15,3 ind./km2). For all species, the local IBA populations were much lower than the mininum level of 7,000 individuals that would be an appropriate safeguard against extinction. Therefore, the long term survival of these species in the IBA will depend on their ability to colonize and disperse among fragments. A high priority is to ensure the conservation of the restricted range species, in particular Embernagra longicauda, which is endemic to the Espinhanço range and occurs at low densities. The nearest significant conservation unit is Grão Mogol State Park (33,000 ha), which is approximately 100 km away. This study reinforces the importance of securing large blocks of contiguous habitat to ensure conservation of Cerrado species, and the need for further studies on dispersal and colonization to determine whether these birds are able to maintain viable populations across fragmented landscapes.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2008.
Aparece nas coleções:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAO_2008_JoseFranciscoSilva.pdf486,99 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.