Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10687
Título: A ordem cristã no governo dos escravos : normas para a cristianização e tratamento dos escravos no Brasil colonial (1697-1759)
Autor(es): Silva, Brunno Hoffmann Velloso da
Orientador(es): Santos, Eurico Antônio Gonzalez Cursino dos
Assunto: Escravidão e a igreja
Religião e sociologia
Escravos
Data de publicação: 13-Jun-2012
Data de defesa: 30-Jul-2011
Referência: SILVA, Brunno Hoffmann Velloso da. A ordem cristã no governo dos escravos: normas para a cristianização e tratamento dos escravos no Brasil colonial (1697-1759). 2011. 158 f., il. Dissertação (Mestrado em Sociologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: Esta dissertação trata de um pequeno conjunto de textos escritos no Brasil colonial, entre finais do século XVII e meados do XVIII, que procuravam regular a escravidão negra com preceitos cristãos. Buscou-se, no curso da investigação, compreender em que consistia o conjunto dessas regras e o que prescreviam a senhores e escravos. Notou-se a constante preocupação dos autores dessas obras com o tratamento dado pelos senhores a seus escravos no que dizia respeito à alimentação, vestimenta, saúde, catequização, castigos, entre outros temas recorrentes em todos os textos que constituem o objeto desta pesquisa. Assim, esses escritos, ao tratarem de questões relacionadas à vida prática e cotidiana dos escravos, tomavam, por vezes, a forma de um manual ou um compêndio que reunia métodos e regras cristãs para escravizar o negro. Com o intuito de contextualizar historicamente a argumentação apresentada nos livros que serviram de objeto de estudo desta investigação, uma parte desta pesquisa dedicou-se a rever alguns antecedentes dessas obras. Além disso, procurou-se conhecer um pouco da história de seus autores e da publicação dessas obras, num esforço de identificar uma origem intelectual e moral das idéias e valores propagados nesses textos que se dedicaram a ensinar aos senhores um modo cristão de escravizar. Como estratégia analítica, o conteúdo de tais normas foi organizado sob grandes temáticas que se mostraram de interesse comum a todos os autores dos livros aqui estudados. A partir disso, esta pesquisa concentrou-se em apresentar uma descrição sistemática dessas regras e prescrições de modo a compreender parte do plano religioso que se traçou para a escravidão negra nas terras brasileiras. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
This dissertation is about a small set of texts written in colonial Brazil, between the late seventeenth century and the mid-eighteenth century, which sought to regulate black slavery with Christian precepts. It aimed, in the course of the investigation, at understanding what this group of rules consisted of and what they prescribed to the masters and slaves. It was pointed out the constant preoccupation of these authors with the treatment dispensed by the masters in what concerned the slaves nourriture, dressing, health, religious teaching, punishment, among others recurring themes in all texts covered by this dissertation. Thus, those texts written in colonial Brazil – dealing with questions related to the practical and daily issues of the life of slaves – took sometimes the form of a manual or a compendium grouping Christian methods and rules to enslave the negro. Aiming at historically contextualizing the discussions presented in the books that were the focus of the present study, part of this research was concentrated on reviewing some background of these writings. Furthermore this study tried to know a little about the history of their authors and the publication of their works. This reflected an effort to identify intellectual and moral source of the ideas and values those texts spread in the sense of teaching the masters Christian ways of enslaving. As an analytical strategy, the content of those rules was organized under broad themes which revealed an interest shared by the authors studied here. From this point onwards, this research has focused on presenting a systematic description of these rules and instructions in order to understand part of the religious plan which was drawn for black slavery in Brazilian territory.
Informações adicionais: Dissertação (Mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de ciências sociais, Departamento de sociologia, 2011.
Aparece nas coleções:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_BrunnoHoffmannVellosodaSilva.pdf1,88 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.