Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10673
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AvaliacaoMetodologiasDeterminacao.pdf2,74 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação de metodologias de determinação do cálculo de áreas de contribuição
Authors: Ramos, Verônica Moreira
Guimarães, Renato Fontes
Redivo, André Luciancencov
Carvalho Júnior, Osmar Abílio de
Fernandese, Nelson Ferreira
Gomes, Roberto Arnaldo Trancoso
Assunto:: Declividade
Relevo
Issue Date: 2003
Publisher: União da Geomorfologia Brasileira (UGB)
Citation: RAMOS, Verônica Moreira et al. Avaliação de metodologias de determinação do cálculo de áreas de contribuição. Revista Brasileira de Geomorfologia, São Paulo, v. 4, n. 2, p. 41-49, 2003. Disponível em:<http://www.lsie.unb.br/rbg/index.php/rbg/article/view/23/22>. Acesso em: 30 maio 2012.
Abstract: A área de contribuição ou área drenada à montante de cada célula de uma matriz está relacionada ao valor da área correspondente à bacia de cada célula específica. Portanto, para a determinação do mapa de área de contribuição calcula-se o valor da bacia de drenagem de cada célula que compõe a área que será mapeada. Tendo como objetivo a obtenção de um mapa de área de contribuição o mais confiável possível, determinou-se esse parâmetro a partir de duas metodologias distintas. A primeira, TU - Transferência de fluxo para uma única célula, determina a área de contribuição em função da célula que apresentam maior valor de declividade. A Segunda, TD - Transferência de fluxo distribuída, calcula a área de contribuição distribuindo o fluxo proporcionalmente entre as células localizadas à jusante, de acordo com a declividade local. A metodologia de transferência de fluxo distribuída (TD) mostrou-se mais eficiente, pois sugeriu com exatidão a rede de drenagem, localizando as maiores áreas de contribuição de montante para jusante exatamente na calha, não só da drenagem, mas de todos os caminhos preferenciais de fluxo. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The contribution area or upward drained area of each grid cell is related to the value of the corresponding area to the basin of each specific pixel. Therefore, for the determination of the contribution area map it is calculated the value of the drainage basin of each pixel that comprises the area that will be mapped. In order to obtain the most reliable contribution area map, this parameter was determined from two distinct methodologies. The first determines the calculation of contribution area based on the cell that has the largest gradient value (this methodology is used by Arcinfo, ArcView software, among others). The second uses an algorithm, which in this work was written in C language, which makes the calculation of contribution area distributing proportionally the flow among located cells for downslope, according to the local gradient. The methodology that determines the contribution area for one given cell distributing the flow proportionally between those located to downward showed more efficient, because it suggested with accuracy the drainage network, locating the biggest contribution areas from upward to downward exactly in the gutter, not only of the drainage, but also of all the preferential flow ways.
Licença:: Revista Brasileira de Geomorfologia - Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0(Attribution 3.0 Unported (CC BY 3.0)). Fonte: http://www.lsie.unb.br/rbg/index.php/rbg/article/view/23/22. Acesso em: 30 maio 2012.
Appears in Collections:GEA - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/10673/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons