Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10666
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_EmpregoImagensIkonos.pdf761,54 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Emprego de imagens Ikonos e de um modelo digital de terreno na detecção de áreas de infração do código florestal
Autor(es): Guimarães, Renato Fontes
Carvalho Júnior, Osmar Abílio de
Andrade, Adriana Carvalho de
Floss, Paulo Alfonso
Espírito Santo, Francisco Roberto Carvalhaes do
Martins, Éder de Souza
Gomes, Roberto Arnaldo Trancoso
Carvalho, Ana Paula Ferreira de
Araújo Neto, Mário Diniz de
Assunto: Sensoriamento remoto
Geoprocessamento
Florestas - legislação
Data de publicação: 2005
Editora: Programa de Pós-Graduação em Geografia do Departamento de Geografia
Referência: GUIMARÃE, Renato Fontes et al. Emprego de imagens Ikonos e de um modelo digital de terreno na detecção de áreas de infração do código florestal. Espaço & Geografia, v. 8, n. 1, p. 99-122, 2005. Disponível em:<http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/article/view/44/43>. Acesso em: 05 jun. 2012.
Resumo: A bacia do rio Ariranha situa-se no Oeste Catarinense sendo uma das regiões mais importantes na produção de suínos. Em virtude do intenso uso das terras para cultivos anuais, grande parte das áreas de vegetação natural foi desmatada. O presente trabalho possui como objetivo avaliar a degradação nas áreas de preservação permanente nas margens dos corpos d’água e nas áreas de declividade acentuada, para subsidiar atividades de recomposição florestal. A metodologia adotada baseia-se em quatro etapas: a) elaboração do Modelo Digital de Terreno (MDT), b) processamento digital de imagens de alta resolução espacial IKONOS; c) interpretação visual das áreas de vegetação; e, d) comparação com as determinações estabelecidas pelas leis ambientais. As áreas referentes às faixas marginais dos cursos d’água e das áreas de proteção de nascentes foram delimitadas de acordo com as larguras estipuladas pelo Código Florestal. Foram delimitadas as áreas destinadas a preservação e contrastadas com a vegetação remanescente, mapeadas a partir da interpretação das imagens IKONOS.Pode-se constatar em partes da bacia um forte comprometimento das áreas de preservação permanente. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Ariranha basin is located in the west of Santa Catarina state being one of the most important regions in the swine production. Due to the intense land use, great part of the natural vegetation areas was deforested. The present work has aim toevaluate the degradation in the permanent preserved areas located in the buffer body water and steep slope areas in order to subsidy activities of forest recovery. The methodology consists of the four steps: a) Digital Elevation Model (DEM), b)digital processing of high spatial resolution IKONOS images; c) visual interpretation vegetation areas and d) comparison with the determination established for the environment allaws. The buffer areas referring to the body water and headwater were defined accor dingto forest government laws. Thus, polygons were created along of the body water, the headwaters of the perennial and seasonal streams and also around the lakes, lagoonsand dams. The preserved areas were overlapped with the IKONOS image interpretation.The results attest that there is a significant degradation of the vegetation margin river channel.
Licença: Espaço & Geografia está licenciado sob uma licença Creative Commons (Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported). Fonte: http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/article/view/44/43. Acesso em: 05 jun. 2012.
Aparece nas coleções:GEA - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons