Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10662
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_AvaliacaoMultitemporalSusceptibilidade.pdf6,62 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Avaliação multitemporal da susceptibilidade erosiva na Bacia do Rio Urucuia (MG) por meio da equação universal de perda de solos
Autor(es): Guimarães, Renato Fontes
Martins, Éder de Souza
Gomes, Roberto Arnaldo Trancoso
Carvalho, Ana Paula Ferreira de
Carvalho Júnior, Osmar Abílio de
Mata, Clarisse Lacerda
Assunto: Solos - erosão
Solos - uso
Sistemas de informação geográfica
Sensoriamento remoto
Data de publicação: 2007
Editora: União da Geomorfologia Brasileira (UGB)
Referência: GUIMARÃES, Renato Fontes et al. Avaliação multitemporal da susceptibilidade erosiva na Bacia do Rio Urucuia (MG) por meio da equação universal de perda de solos. Revista Brasileira de Geomorfologia, São Paulo, v.8, n.2, p.57-71, 2007. Disponível em:<http://www.lsie.unb.br/rbg/index.php/rbg/article/view/94/86>. Acesso em: 30 maio 2012.
Resumo: A Equação Universal de Perda de Solos (EUPS) é um modelo de predição de perda de solo segundo um produto da erosividade da chuva, Fator R, da erodibilidade do solo, Fator K, do comprimento de rampa, Fator L, da declividade da vertente, Fator S, da cobertura e do manejo, Fator C, e das práticas conservacionistas, Fator P. Esta metodologia de predição de perda de solos, tem também tem sido utilizada como um instrumento de avaliação de risco à erosão e como medida de planejamento em bacias de uso agrícola. Assim, o presente trabalho tem por objetivo identificar as mudanças da erosão do solo na Bacia do Rio Urucuia, Minas Gerais, Brasil, através dos resultados da EUPS para 1987 e 2007. A Bacia do Rio Urucuia é tributária da Bacia do Rio São Francisco, com aproximadamente 25.000 km², contribui com 10% de vazão e 18% da carga de sedimentos. A metodologia usou o SIG para obtenção do Fator Topográfico (LS) e o Sensoriamento Remoto para a determinação dos fatores de cobertura e manejo (C) e práticas conservacionistas (P). A classificação das imagens Landsat-TM foi feita pelo método ISODATA para doisanos, 1987 e 2007. A análise multitemporal determinou para a área estudada a ocorrência de mudanças significativas na erosãodo solo, no final de vinte anos. O fator mais significativo para a degradação e erosão foi o aumento das áreas agrícolas. Os resultados mostram a distribuição espacial das distintas áreas propensas à erosão na bacia, onde práticas conservacionistas são fundamentais na prevenção da perda de solo por erosão. A análise é importante para o planejamento ambiental, e pode dar subsídio ao estabelecimento de cenários que visem o desenvolvimento sustentável da bacia. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Universal Soil Loss Equation (USLE) is an erosion model to estimate average soil loss being a product of rainfall runofferosivity factor R, soil erodibility factor K, slope length factor L, slope steepness factor S, cover management factor C, andsupport practice factor P. Beyond this methodology predict loss soil, it has been extended as a useful tool for evaluating erosion risk and planning conservation measures in agricultural watersheds. Thus, the present work has aim to identify soil erosion changes in Urucuia river basin, Minas Gerais state, Brazil from USLE results in 1987 and 2007. The Urucuia’s River Basin is atributary of the São Francisco river Basin with approximately 25,000 km², which contributes with 10% of the discharge and 18%of the sediment loads. The methodology used GIS tools in order to facilitate derivation of the topographic factor (LS) from DEMand remote sensing data to develop the land cover classifications and consequently both factors cover-management (C) andsupport practice (P). The TM Landsat images classification were made by ISODATA classifier for the two years, 1987 and 2007.The multitemporal analysis determined that there were significant changes about soil erosion in the study area in the latesttwenty years. The most significant factor to degradation and erosion was the increase of agricultural areas. The results showthe spatial distribution of different erosion prone areas in watershed, where management practices might be suitable to prevent soil erosion. The analysis is important for the environmental planning, because can give subsidy to the establishment of the sustainable development of the basin.
Licença: Revista Brasileira de Geomorfologia - Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 (Attribution 3.0 Unported (CC BY 3.0) ). Fonte:http://www.lsie.unb.br/rbg/index.php/rbg/article/view/94/86. Acesso em: 30 maio 2012.
Aparece nas coleções:GEA - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons