Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10656
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AplicacaoModeloShalstab.pdf226,9 kBAdobe PDFView/Open
Title: Aplicação do modelo shalstab, em ambiente arcview, para o mapeamento de áreas susceptíveis a escorregamento raso na região do quadrilátero ferrífero (MG)
Authors: Ramos, Verônica Moreira
Guimarães, Renato Fontes
Redivo, André Luciancencov
Gomes, Roberto Arnaldo Trancoso
Fernandes, Nelson Ferreira
Carvalho Júnior, Osmar Abílio de
Assunto:: Taludes (geografia fisíca)
Deslizamento (Geologia)
SHALSTAB
Issue Date: 2002
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Geografia do Departamento de Geografia
Citation: RAMOS, Verônica Moreira et al. Aplicação do modelo shalstab, em ambiente arcview, para o mapeamento de áreas susceptíveis a escorregamento raso na região do quadrilátero ferrífero (MG). Espaço & Geografia, v. 5, n. 1, p. 49-67, 2002. Disponível em:<http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/article/view/14/13>. Acesso em: 30 maio 2012.
Abstract: Inúmeras metodologias vêm sendo desenvolvidas com o intuito de entenderos fatores que condicionam o processo de movimento de massa. Neste propósito foidesenvolvido o modelo SHALSTAB que objetiva identificar e mapear as áreas deinstabilidade nas encostas. Essa metodologia tem como referencial a modelagemmatemática baseada na combinação de um modelo hidrológico com um modelo deestabilidade de encostas. Recentemente ela foi escrita em linguagem Avenue, sendoimplementada para utilização no Software ArcView. Essa metodologia foi aplicada naregião do Quadrilátero Ferrífero (MG) objetivando a identificação das áreas maissusceptíveis a ocorrência de escorregamentos rasos nessa região. Inicialmente, foigerado um MDT e posteriormente foram determinados seus mapas derivados comoárea de contribuição e declividade. Os resultados obtidos demonstraram que, mesmoutilizando dados de uma escala relativamente pequena para esse propósito (1:50.000) omodelo SHALSTAB mostrou-se uma ferramenta eficaz para identificar zonas susceptíveisa escorregamentos rasos. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Many methodologies have been developed in order to understand thephysical factors that control the mass movement process. In this purpose was developedthe SHALSTAB model that identify instability areas in the hillslope. This methodologyis based on the combination of a hydrological model with the slope stability model.Recently it was written in Avenue language and implemented for utilization in theArcView Software. This methodology was applied in Quadrilátero Ferrífero (MG) toidentify the more susceptible areas to shallow lanslide occurrence in this region. Initially,it was prepared a DEM and then their derivatives maps were determined as slope andcontributing areas maps. The results demonstrated which, even using data of a relativelysmall scale for that purposes (1:50.000) the SHALSTAB model showed to be an effectivetool to identify susceptible zones for shallow landslide.
Licença:: Espaço & Geografia está licenciado sob uma licença Creative Commons(Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported). Fonte: http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/article/view/14/13. Acesso em: 30 maio 2012.
Appears in Collections:GEA - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/10656/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons