Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10461
Título: Avaliação temporal da regeneração natural em uma floresta estacional semidecídua secundária, em Pirenópolis, Goiás
Título(s) alternativo(s): Temporal evaluation of natural regeneration in a semideciduous secondary forest in Pirenópolis, Goiás, Brazil
Autor(es): Venturoli, Fábio
Felfili, Jeanine Maria
Fagg, Christopher William
Assunto: Florestas - regeneração
Data de publicação: Mai-2011
Editor: Sociedade de Investigações Florestais
Citação: VENTUROLI, Fábio; FELFILI, Jeanine Maria; FAGG, Christopher William. Avaliação temporal da regeneração natural em uma floresta estacional semidecídua secundária, em Pirenópolis, Goiás. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 35, n. 3, p. 473-483, maio./jul. 2011. Disponível em:<http://www.scielo.br/pdf/rarv/v35n3/a10v35n3.pdf>. Acesso em: 07 maio 2012.
Resumo: A regeneração natural em ambientes florestais é dinâmica, variável no espaço e no tempo, e integra o ciclo de desenvolvimento das florestas. Em florestas estacionais tropicais, devido à sazonalidade climática, a regeneração natural depende principalmente da disponibilidade de umidade no solo, que afeta tanto os padrões de produção de sementes quanto a germinação, a sobrevivência e o desenvolvimento das plântulas. O objetivo deste estudo foi analisar a dinâmica da regeneração natural em uma floresta estacional semidecídua secundária, em Pirenópolis, Goiás, verificando as mudanças na composição florística de plântulas e arvoretas ao longo do tempo, e relacionando-as a fatores ambientais das parcelas por Análises de Correspondência Canônica (CCA). Os resultados indicaram plântulas mais dinâmicas do que arvoretas, em função principalmente do clima. Isso ocorreu devido à maior susceptibilidade das plântulas com relação ao estresse hídrico do solo e ao aumento da incidência de radiação solar e da temperatura na estação seca. Foi encontrada alta similaridade florística (±50%) entre as populações da regeneração natural e a comunidade adulta, indicando estágio avançado de regeneração da floresta, com Índices de Diversidade superiores a 3,0 nats.indv-1. A CCA agrupou as espécies em função do gradiente ambiental de umidade e sombreamento versus cobertura do solo, posicionando próximas as espécies preferenciais de ambientes úmidos versus as preferenciais de ambientes mais secos de cerrado típico. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The natural regeneration in forest environments is dynamic, variable in space and time and it is in the development cycle of forests. In seasonal tropical forests, due to seasonal climatic changes, natural regeneration depends mainly on availability of soil moisture, which affects patterns of seed production and germination, survival and development of seedling as well. The objective of this study was to analyze the dynamics of natural regeneration in a seasonal semideciduous secondary forest in Pirenópolis, Goiás, Brazil, by analyzing the changes in floristic composition of seedlings and small trees over time and relating them to environmental factors of plots in the study area by using Canonical Correspondence Analysis (CCA). The results indicated that seedlings were more dynamic than small trees mainly because of climate. This occurred because of the greater susceptibility of the seedling to soil water stress and the increase of solar radiation and temperature in the dry season. It was found a high floristic similarity (± 50%) among population of natural regeneration and the tree community, indicating an advanced stage of natural regeneration of the forest, with Diversity Index higher than 3.0 nats.indv-1. Canonical Correspondence Analysis grouped the species according to the environmental gradient of moisture and shade versus soil cover, placing near to each other, species of humid environments versus species of typical cerrado dry environments.
Licença: Revista Árvore - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0100-6762&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 07 maio. 2012.
Aparece nas coleções:EFL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_AvaliacaoTemporalRegeneracao.pdf528,9 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons