Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10445
Título: Floristic composition and community structure of a seasonally deciduous forest on limestone outcrops in central Brazil
Título(s) alternativo(s): Composição florística e fitossociologia de uma floresta estacional decidual sobre afloramento de calcário no Brasil central
Autor(es): Nascimento, André R. Terra
Fagg, Christopher William
Meirelles, Elisa Maria
Felfili, Jeanine Maria
Assunto: Calcário
Caatinga
Data de publicação: Out-2007
Editor: Sociedade Botânica de São Paulo
Citação: NASCIMENTO, André R. Terra; FAGG, Cristopher william; MEIRELLES, Elisa Maria; FELFILI, Jeanine M. Floristic composition and community structure of a seasonally deciduous forest on limestone outcrops in central Brazil. Revista Brasileira de Botânica, v. 30, n. 4, p. 611-621, out./dez. 2007. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-84042007000400007&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 08 maio. 2012.
Resumo: O objetivo deste estudo foi analisar a composição de espécies lenhosas e a estrutura de um fragmento de Floresta Estacional Decidual sobre afloramento de calcário, situado na Região Nordeste de Goiás, Brasil. Foram amostradas vinte e cinco unidades amostrais quadradas de 20 x 20 m (400 m2) em um fragmento florestal de 50 ha, sendo incluídos na amostragem todos os indivíduos com diâmetros à altura do peito (DAP) igual ou superior a 5 cm que tiveram seus diâmetros e alturas mensurados. A comunidade arbórea apresentou uma riqueza de 39 espécies e uma densidade de 734 indivíduos por hectare, com maior representação das famílias Leguminosae (11 espécies), Bignoniaceae (4 espécies) e Apocynaceae (4 espécies), destacando-se sobre as demais famílias botânicas. A floresta apresentou uma área basal de 16,37 m2 ha-1, com as espécies Cavanillesia arborea (3,26 m2 ha-1), Pseudobombax tomentosum (2,35 m2 ha-1), Dilodendron bipinnatum (1,84 m2 ha-1), Tabebuia impetiginosa (1,36 m2 ha-1) e Myracrodruon urundeuva (1,26 m2 ha-1) destacando-se sobre as demais, e somando em conjunto, 61,5% da área basal da floresta. Várias espécies cresceram sobre as rochas, outras nas fissuras ou em locais com solos rasos ou apenas sobre serapilheira cobrindo camadas rochosas. A composição florística mostrou afinidade com a flora da caatinga, com outras manchas de floresta estacional no Brasil Central e no Pantanal, e nas florestas Chiquitanas na Bolívia também, contendo inclusive duas espécies consideradas endêmicas da Caatinga. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The objective of this study was to analyze the floristic composition and structure of the tree component in a seasonally deciduous forest on limestone outcrops, located in the northeast region of Goiás State, Brazil. A sample composed of 25 randomly sampled plots of 20 x 20 m (400 m2) within a 50 ha forest, was measured. All woody individuals > 5 cm diameter at breast height (DBH) had their diameter and height measured. The tree community was composed of 39 species with a density of 734 individuals ha-1; the richest families were Leguminosae (11 species), Bignoniaceae (4 species) and Apocynaceae (4 species). The forest had a basal area of 16.37 m2 ha-1, with the most important species Cavanillesia arborea (3.26 m2 ha-1), Pseudobombax tomentosum (2.35 m2 ha-1), Dilodendron bipinnatum (1.84 m2 ha-1), Tabebuia impetiginosa (1.36 m2 ha-1) and Myracrodruon urundeuva (1.26 m2 ha-1) occupying 61.5% of the total basal area of the forest. Several species grew on rocks, or in rock fissures or in places with a shallow layer of soil or even in litter over rocky layers. The floristic composition showed links with the "Caatinga" flora, with other patches of seasonal forests in Central Brazil and in the Pantanal, and with the Chiquitano forests of Bolivia too, containing even two species considered as endemic to the "Caatinga".
Licença: Revista Brasileira de Botânica - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons(Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0100-8404&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 08 maio. 2012
Aparece nas coleções:EFL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_FloristicCompositionCommunity.pdf1,33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons