Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10438
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_AvaliacaoGeoambientalTerritorio.pdf1,23 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Avaliação geoambiental do território brasileiro nas bacias hidrográficas transfronteiriças
Outros títulos: Land surface environmental evaluation of the brazilian territory in the transfrontier hydrological basins
Autor(es): Steinke, Valdir Adilson
Saito, Carlos Hiroo
Assunto: Recursos hídricos
Bacias hidrográficas - Brasil
Data de publicação: Jan-2010
Editora: Programa de Pós-Graduação stricto sensu da Universidade de Taubaté
Referência: STEINKE, Valdir Adilson; SAITO, Carlos Hiroo. Avaliação geoambiental do território brasileiro nas bacias hidrográficas transfronteiriças. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, Taubaté, v. 6, n. 1, p. 189-222, jan. /abr. 2010. Disponível em:<http://www.rbgdr.net/revista/index.php/rbgdr/article/view/267/180>. Acesso em: 04 Abr. 2012.
Resumo: Questões relacionadas a recursos hídricos podem ser consideradaspioneiras na temática ambiental geopolítica e são reforçadas nomomento atual. Desta forma, torna-se fundamental pensar nos países que compartilham bacias hidrográficas. Este texto procurou tecer algumas considerações a respeito da forma de utilização, pelo Brasil,dos recursos naturais nas bacias hidrográficas transfronteiriças, uma vez que a discussão das ações internas poderá subsidiar ainda mais as ações estratégicas de cunho geopolítico na América do Sul. Foram aglutinados em ambiente de sistemas de informações geográficas,dados georreferenciados pertinentes à utilização do território nacional para produção agropecuária e para atividades de mineração, como representantes do processo antrópico. Posteriormente, essas informações foram sobrepostas com as ações conservacionistas que,neste caso, foram representadas pelas áreas indicadas como prioritárias para conservação da biodiversidade pelo Ministério do Meio Ambiente. Esta sobreposição apontou para um problema central,a inexistência e articulação entre ações de desenvolvimento econômico e propostas conservacionistas. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Issues related to water resources can be considered the pioneer to the environmental geopolitics, and they are still on the spot. Thus, it isfundamental to consider the countries which share river basins. This text aimed to make considerations about the way Brazil has made useof its transfrontier river basins, once the discussion of internal actionsmay subsidize, even more, geopolitical strategic actions in South America. For this, georeferenced data related to national land use formineral and agricultural activities were aggregated, in a GISenvironment, as representing the anthropic process. Afterwards, thosepieces of information were integrated into the conservation actions, inthis case, represented by the areas considered as priorities by theBrazilian Ministry of Environment. This data integration revealed acentral problem, the lack of articulation between the actions foreconomical development and the proposals for conservation.
Licença: A Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional está disponível sob Licença Creative Commons 3.0, que permite copiar, distribuir, transmitir e adaptar o trabalho, desde que o autor e licenciante seja citado, sendo permitido o uso para fins comerciais. Fonte: http://www.rbgdr.net/revista/index.php/rbgdr/issue/view/24/showToc. Acesso em: 04 Ab. 2012.
Aparece nas coleções:CDS - Artigos publicados em periódicos
CET - Artigos publicados em periódicos
ECL - Artigos publicados em periódicos

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons