Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10373
Título: Canopy openness and lai estimates in two seasonally Deciduous forests on limestone outcrops in central Brazil Using hemispherical photographs
Título(s) alternativo(s): Estimativas de abertura do dossel e índice de área foliar em duas florestas estacionais deciduais sobre afloramentos calcários no Brasil central usando fotografias hemisféricas
Autor(es): Nascimento, André Rosalvo Terra
Felfili, Jeanine Maria
Fagg, Christopher William
Assunto: Florestas
Fotografias hemisféricas
Cerrados
Data de publicação: Jan-2007
Editor: Sociedade de Investigações Florestais
Citação: NASCIMENTO, André Rosalvo Terra; FAGG, Jeanine Maria Felfili; FAGG, Christopher William. Canopy openness and lai estimates in two seasonally Deciduous forests on limestone outcrops in central Brazil Using hemispherical photographs. Revista Árvore, Viçosa-MG, v. 31, n. 1, p. 167-176, jan./ fev. 2007. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-67622007000100019&lang=pt>. Acesso em: 23 abr. 2012.
Resumo: Manchas de florestas estacionais circundadas por vegetação de cerrado ocorrem em afloramentos calcários no Brasil central. Elas contêm espécies madeireiras valiosas, mas estão ameaçadas por atividades agropecuárias e de mineração. O objetivo deste estudo foi descrever a abertura de dossel e relações de luzem duas florestas estacionais em declive sobre afloramentos calcários, no Vale do Paranã, no nordeste de Goiás. As florestas estudadas localizaram-se na Fazenda Sabonete, em Iaciara, GO, e na Fazenda Forquilha,em Guarani, GO. A vegetação lenhosa foi amostrada em 25 parcelas de 20 x 20 m em cada floresta. Utilizando-se a técnica de fotografias hemisféricas, 25 fotos em preto e branco foram tomadas em cada local durante a estação seca, totalizando 50 fotos. Na floresta da Fazenda Sabonete, foram encontradas 40 espécies e705 ind./ha-1 com área basal de 15,78 m²/ha-1, enquanto em Forquilha se encontraram 55 espécies, 956 ind./ha-1, com área basal de 24,76 m²/ha-1. As fotografias foram tiradas no início das parcelas, onde a vegetação foi amostrada, e digitalizadas em tons de cinza e salvas como arquivo Bitmap. A abertura do dossel e o Índice de Área Foliar (IAF) foram obtidos usando-se o programa Winphot. A abertura média de dossel foi 54,0% (desvio-padrão = 9,36) na Fazenda Sabonete e 64,6% (desvio-padrão = 11,8) na Fazenda Forquilha, com os locais apresentando diferença significativa nas estimativas de abertura de dossel (P <0,05). A riqueza florística e a estrutura diferiram também, com a floresta da Fazenda Forquilha, cujo dossel foi mais aberto, sendo a mais rica e densa, evidenciando a necessidade de mais estudos sobre as relações espécie-ambiente nessas florestas. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Patches of seasonally dry tropical forests occur on limestone outcrops in Central Brazil surrounded by the dominant savanna vegetation. They contain valuable timber species but are threatened by farming and mining activities. The objective of this study was to describe canopy opening and light relations in two seasonally deciduous dry forests on slopes and limestone outcrops, in the Paranã valley at the northeastern region of the Goiás state, Brazil. The studied forests were in the Fazenda Sabonete in Iaciara-Go and Fazenda Forquilha in Guarani-GO. Woody plants were sampled in 25 (20 x 20 m) plots in each forest. In the Sabonete forest 40 species, 705 ind./ha-1 with a basal area of 15.78 m²/ha-1 were found, while in Forquilha there were 55 species, 956 ind./ha-1 with a basal area of 24.76 m²/ha-1. Using hemispherical photographic techniques, 25 black and white photographs were taken at each site, during the dry season, totaling 50 photographs. These were taken at the beginning of each vegetation-sampling plot. The photographs were scanned in grey tones and saved as 'Bitmap'. The canopy opening and leaf area index (LAI) were calculated using the software Winphot. The mean canopy opening was 54.0% (±9.36) for Fazenda Sabonete and 64.6% (±11.8) in Fazenda Forquilha, with both sites presenting significant differences in the opening estimates (P < 0.05). Their floristic richness and structure also differed with the more open canopy forest, Forquilha, being richer and denser, suggesting the need for further studies on species-environment relationships in these forests.
Licença: Revista Árvore - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons.(Attribution-NonCommercial 3.0 Unported (CC BY-NC 3.0)). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0100-6762&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 23 abr. 2012.
Aparece nas coleções:EFL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_CanopyOpennessLai.PDF826,21 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons