Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10227
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2011_AlexandreLavalSilva.pdf1,94 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação de treinamentos nos níveis de impacto no trabalho e resultados organizacionais
Authors: Silva, Alexandre Laval
Orientador(es):: Abbad, Gardênia da Silva
Assunto:: Pessoal - treinamento
Pessoal - avaliação
Issue Date: 10-Apr-2012
Citation: SILVA, Alexandre Laval. Avaliação de treinamentos nos níveis de impacto no trabalho e resultados organizacionais. 2011. xv, 225 f, il. Tese (Doutorado em Administração)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Abstract: Esta tese tem o objetivo principal de identificar as variáveis preditoras do impacto de um treinamento no desempenho individual dos egressos e a sua relação com os resultados organizacionais. Trata-se de um estudo correlacional, com abordagens qualitativa e quantitativa, que utilizou técnicas diversificadas de coleta de dados primários e secundários. Após a definição do modelo teórico, foram realizados cinco estudos: (1) elaboração do modelo lógico do curso avaliado, denominado de Oficina de Crédito e Vendas PJ, com 40 horas de duração, realizado no Banco do Brasil em âmbito nacional; (2) construção e validação de dois instrumentos; (3) teste de cinco modelos de investigação de preditores do Impacto do Treinamento no Trabalho do Egresso; (4) teste de dois modelos para investigar as variáveis preditoras de duas medidas de resultados organizacionais não-financeiros (desempenho em Processos Internos e de Clientes); e (5) teste de três modelos de investigação de variáveis preditoras de resultados financeiros (nas Perspectivas Econômica e Financeira e de Estratégias e Operações). Os dois instrumentos construídos foram enviados em conjunto com outros questionários já existentes no banco para 3.376 egressos, obtendo-se 1.725 respostas válidas, que foram submetidas a análises fatoriais exploratórias com índices psicométricos adequados. Para cada um dos dez modelos de investigação testado, foi aplicada uma regressão logística e uma regressão múltipla, padrão. Concluiu-se que as variáveis Necessidade, Aprendizagem, Potencial dos Clientes e Suporte Técnico, Suporte Psicosocial e Nível da Agência apresentaram relações preditivas positivas com o impacto no trabalho do egresso, que, por sua vez, teve correlação positiva com o desempenho das Perspectivas Econômica e de Processos Internos da organização. Os resultados corroboram estudos nacionais e internacionais quanto à importância explicativa de variáveis contextuais e acrescentam novas evidências. Destacam-se como contribuições desta pesquisa a utilização de modelo lógico para orientar a avaliação de treinamentos, bem como o estabelecimento de poder preditivo do impacto do treinamento no trabalho sobre indicadores de resultados organizacionais até a dimensão de eficácia. Por fim, são apontadas limitações do estudo e é proposta uma agenda de pesquisa. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The primary aim of this dissertation is to identify variables that predict the impact of training programs on egresses’ individual performance and their relationships with results in the organization. This is a qualitative-quantitative correlational study that utilized various techniques to collect primary and secondary data. After defining the theoretical model, five studies were conducted: 1) elaboration of the logical model for the Bank of Brazil’s PJ Credit and Sales Department at the national level, which required 40 hours to complete; 2) creation and validation of two instruments to evaluate the depth of training impact on egresses’ work and to measure the influence of contextual variables from these results; 3) testing five models to investigate the depth and amplitude of the predictor variables on the Training Impact of Egresses’ Work; 4) testing two models to investigate the predictor variables for two measures of the organization’s non-financial results (Internal Processes’ and Clients’ Perspectives); and 5) testing three models to investigate predictor variables for three measures of the organizations’ financial results (performance of Economic and Financial Perspectives, Strategies, and Operations). The two newly crafted instruments were sent together with four existing Bank questionnaires to 3,376 egresses, 1,725 of which produced valid responses that were submitted to exploratory factor analyses, which revealed adequate psychometric indices. For each of the ten investigation models tested, a logistical regression and a multiple regression was conducted. It was concluded that the variables Necessity, Learning, Client Potential and Technical Support, Psychosocial Support, and Agency Level presented positive predictor relationships for impact on the egresses’ work, which, in turn, was positively correlated with the performance of Economic Perspectives and Internal Processes of the organization. The results corroborate national and international studies on the explicative importance of contextual variables and add new evidence. The most important contributions of this study are the use of the logical model to guide the evaluation of training and the establishment of predictive relationships for the impact of training at work on indicators of organizational results in terms of dimension and efficacy. Finally, limitations of the study and a research agenda are defined.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2011.
Appears in Collections:PPGA - Doutorado em Administração (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/10227/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.