Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10209
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_ClarissaLeaoBonatti.pdf549,45 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: A influência da força do clima no absenteísmo
Autor(es): Bonatti, Clarissa Leão
Orientador(es): Puente-Palacios, Katia Elizabeth
Assunto: Motivação no trabalho
Psicologia industrial
Data de publicação: 3-Abr-2012
Referência: BONATTI, Clarissa Leão. A influência da força do clima no absenteísmo. 2011. xiii, 86 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)-Universidade de Brasília, Brasília, 2011.
Resumo: O clima organizacional compõe uma área clássica de pesquisa em Psicologia Organizacional e do Trabalho. Recentemente, com o crescente interesse acerca do compartilhamento de cognições, tem-se evidenciado o papel central da similaridade das percepções de clima sobre a efetividade de equipes. Essa similaridade é chamada de força do clima e é estudada em três papéis: linear, moderador e curvilinear. O presente estudo tem caráter exploratório e visa testar esses três papéis da variável força do clima frente à efetividade de equipes, que terá como indicador a taxa de absenteísmo. O objetivo é verificar qual papel a força do clima assume para cada um dos fatores de clima mensurados, considerando o absenteísmo como critério distal de efetividade. Para isso, utilizou-se uma amostra de dados oriunda de fonte secundária e que foi composta por: a) resultados de uma pesquisa de clima, realizada em 2009 e que possui quatro fatores nessa amostra (Relacionamento com a chefia; Equidade e Justiça; Relacionamento com os colegas; Natureza das tarefas); b) taxas de absenteísmo, por equipes, mensuradas após três e doze meses do diagnóstico do clima. A análise foi feita no nível de equipes, que foram separadas de acordo com a estrutura funcional existente na organização. Os dados acerca da pesquisa de clima organizacional são relativos a 24.219 indivíduos, divididos em 2.071 equipes. Os testes dos papéis investigados foram realizados por meio de regressões. Nos testes do papel linear e do papel moderador, foram encontrados resultados significativos para o fator “Equidade e Justiça”. Não houve resultados significativos ao se investigar a relação curvilinear. Esse estudo contribui para a compreensão do papel do clima como uma cognição compartilhada e apresenta a variável força do clima como construto central. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The organizational climate is a traditional field of Work and Organizational Psychology. Lately, with the growing interest about shared cognitions, it is noted the role of the similarity of the climate perception on the teams effectiveness. This similarity is called Climate Strength and is hypothesized in three different roles: linear and direct, moderating and curvilinear effect. This is an exploratory study and aimed to test these three types of role of the Climate Strength in the relationship with effectiveness, measured by the absenteeism. The purpose of this paper is to verify which role the Climate Strength plays in each of the measured dimensions of the climate, considering the absenteeism as a sign of effectiveness. To do so, it was used a sample of secondary data, in which there was: a) a climate research, done in 2009 and with four dimensions; b) rates of absenteeism, in the teams, after three and twelve months. The analysis were performed in the team level, which were defined by the pre existent structure of the organization. The data of the climate research were about 24.219 employees, in 2.071 teams. The tests of the roles were performed by regressions. In the tests of the linear and the moderating role were found significant results for the dimension of “Equity and Justice”. There were no significant results for the curvilinear relationship. This research contributes for the comprehension of the role of the climate, as a shared cognition, and it introduce the variable climate strength as a central construct.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado) - Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2011.
Aparece nas coleções:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.