Skip navigation
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/10136
Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_RozaniaMariaPereiraJunqueira.pdf848,13 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir
Título: Descrição das internações por causas sensíveis à atenção primária e análise da mortalidade hospitalar em atendimentos do Sistema Único de Saúde no Distrito Federal – 2008
Autor(es): Junqueira, Rozania Maria Pereira
Orientador(es): Duarte, Elisabeth Carmen
Assunto: Saúde pública - Distrito Federal (Brasil)
Mortalidade
Promoção da saúde
Medicina preventiva
Data de publicação: 22-Mar-2012
Referência: JUNQUEIRA, Rozania Maria Pereira. Descrição das internações por causas sensíveis à atenção primária e análise da mortalidade hospitalar em atendimentos do Sistema Único de Saúde no Distrito Federal - 2008. 2011. 112 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Resumo: A preocupação relativa ao desempenho dos serviços de saúde tem aumentado nas últimas décadas em todo o mundo. No Brasil, a atenção primária e as instituições hospitalares tem sido alvo de estudos avaliativos visando, principalmente, a otimização do uso de recursos e a melhor atenção ao usuário. No entanto, no Distrito Federal (DF) se desconhece estudos que avaliem indicadores de qualidade da atenção primária, assim como, que identifiquem fatores associados ao óbito hospitalar, sendo esses os objetivos do presente estudo. Objetivos: Descrever as internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária (CSAP) e analisar os fatores associados à chance de óbito hospitalar em atendimentos do Sistema Único de Saúde no DF, no ano 2008. Método. O estudo foi realizado em duas etapas. Etapa 1: Com o fim de descrever as internações por CSAP, foi realizado um estudo transversal, baseado nos dados do Sistema de Informações Hospitalares do Sistema Único de Saúde (SIH-SUS) e dados populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) do ano de 2008 para o DF. As CSAP, variável desfecho, foram identificadas pelo diagnóstico principal da internação com base na Classificação Internacional de Doenças (CID10). Foram excluídas as internações referentes aos partos. Etapa 2: Com o fim de analisar os fatores associados à chance de óbito hospitalar foi realizado um estudo de coorte histórica com base nos dados do SIH-SUS e do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES). Nesse estudo foram excluídas as internações referentes à gravidez, parto e puerpério e psiquiátricos. Em modelos de regressão logística, foram analisadas as associações entre óbito hospitalar e as características individuais dos pacientes, as causas da internação e as características do hospital. Resultados. Observou-se que as internações por CSAP no DF representam 19,5% do total de internações no SUS, no ano de 2008. As principais causas identificadas foram: gastroenterites, insuficiência cardíaca e infecção do rim e trato urinário. Constatam-se coeficientes relevantes dessas internações no grupo infantil e aumento gradativo até as idades mais avançadas para ambos os sexos. No período estudado, a taxa de mortalidade hospitalar (TMH) foi 4,2%. As maiores TMH foram encontradas em pacientes com 60 anos ou mais, do sexo masculino, residentes no entorno do DF e que tiveram a urgência como forma de entrada no hospital. Pacientes internados na clínica destinada à hospitalização de pacientes crônicos apresentaram uma chance de morte hospitalar 108 vezes àquela dos pacientes internados na clínica pediátrica. A chance de morte aumenta em aproximadamente 1% para cada dia de permanência no hospital, e no caso do uso de UTI essa chance aumenta em 4% a cada dia. Em relação ao diagnóstico principal, os capítulos da CID 10 que apresentaram maior chance de morte hospitalar foram: algumas afecções do período perinatal, algumas doenças infecciosas e parasitárias e os sintomas, sinais e achados anormais de exames clínicos e de laboratórios não classificados em outra parte (causas mal definida). Conclusões. Nesse estudo, foi possível demonstrar a utilidade do SIH-SUS na análise de desempenho da atenção primária e hospitalar no DF. Além disso, o presente estudo identificou parcela relevante de internações por CSAP que deve ser objeto de análise a fim de orientar a implementação de ações mais efetivas nesse nível de atenção no DF e entorno. Também, a identificação de fatores associados à maior chance de óbito hospitalar permite a identificação de grupos de pacientes com maior vulnerabilidade que merecem atenção dos prestadores de atenção à saúde nas instituições hospitalares, além de fomentar o debate acerca da efetividade desse nível de atenção no DF. Estudos futuros e o debate junto aos gestores do SUS no DF poderão aprofundar o debate acerca dessa temática. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The preoccupation regarding the performance of health services has increased in recent decades throughout the world. In Brazil, primary care and hospital holdings have been the target of evaluation studies aimed primarily to optimize the use of resources and offer better attention to the user. However, in Federal District (DF), the studies that evaluate quality indicators in primary care, as well as identifying factors associated with hospital death, which are the objectives of this study are not known. Objectives: To describe the rates of admissions due Sensitive Conditions to Primary Care (ACSC) and to analyze the factors associated with risk of death from hospital visits in the National Health System at Federal District in 2008. Method: The study was conducted in two stages. Stage 1: In order to describe hospitalizations for ACSC, a transversal study was conducted based on data from Hospital Information System of the Unified Health System (SIH-SUS) and population data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE), 2008, for the DF. ACSC, considered the outcome variables, were identified by major diagnosis of hospitalization based on International Classification of Diseases (ICD-10). Admissions related to childbirth were excluded. Stage 2: In order to analyze the factors associated with the chance of hospital death was performed a historical cohort study based on the data from SIH-SUS and the National Register of Health Facilities (CNES). In this study, hospital admissions related to pregnancy, childbirth and postpartum and psychiatric disorders we excluded. The analyzes of associations between hospital mortality and the characteristics of individual patients, the causes of hospitalization and hospital characteristics were made using a logistic regression models. Results: It was observed that of hospitalization rate for ACSC at Distrito Federal in 2008, was 19.5% of total admissions using SUS. The main causes of hospitalization were identified as: gastroenteritis, heart failure and kidney infection and urinary tract. Relevant coefficients in the group of hospital admissions for children and a gradual increase of these rates related to users of both sexes with advanced ages were observed. During the study period, the hospital mortality rate (TMH) was 4.2%. The largest TMH were found in patients male, with 60 years or older who were hospitalized with urgency and they live surrounding of Distrito Federal. Users admitted to the hospital clinics for chronic patients had a hospital death chance of 108 times that of patients admitted to the pediatric clinic. The chance of death increases by approximately 1% for each day of hospital stay, and when ICU admissions have occurred, this chance increases by 4% every day. In relation to the main diagnosis, the chapters of the CD 10 with the highest chance of hospital death were caused by some affections of perinatal period, infectious and parasitic diseases, symptoms, signs and abnormal clinical and laboratory not elsewhere classified (unidentified causes). Conclusions: In this study, it was possible to demonstrate the usefulness of the SIH-SUS performance analysis of primary care and hospital at Distrito Federal. Furthermore, this study identified significant rate of hospitalizations for ACSC to be the object of analysis in order to guide the implementation of more effective actions at this level of attention at Distrito Federal and surroundings. The identification of factors associated with increased of chances of hospital death allows also, the identification of groups at highest risk patients who deserve the attention of health care providers in hospitals. These factors also are important to encourage discussions about the effectiveness of this level of attention at Distrito Federal. Further studies and discussion with the managers of SUS in Distrito Federal may deepen the debate on this theme.
Informações adicionais: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2011.
Aparece nas coleções:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Mostrar registro completo do item Recomendar este item Visualizar estatísticas



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.